Especial Livro dos Espíritos: Frases Espíritas do Verdadeiro Amor ao Próximo

Compartilhe!

Um dos conhecimentos mais importantes que nos foi dado até hoje pela natureza veio do mundo invisível, o chamado Livro dos Espíritos, e sua contribuição para a lapidação da humanidade através do espiritismo. Hoje, em mais uma série onde falamos sobre esta evolução que as frases espíritas contribuíram em todos os sentidos para um entendimento maior da vida, vamos falar do sentimento mais nobre e puro que existe, o amor. Não falo aqui do amor material, mas sim do amar ao próximo como a si mesmo e fazer o bem sem ver a quem. Caso você tenha alguma dúvida, deixe sua opinião que responderemos assim que possível.

Conheça a Continuação das Frases Espíritas do Amor é Puro e Perfeito

E, como disse antes, alcancei, por fatores naturais da natureza, um dos pontos mais altos da vida de matéria e, assim como milhares de outras pessoas, as frases espíritas evoluíram e alcançaram mensagens vinda do Astral Superior, muito acima do Sol. Não que eu seja um iluminado por natureza com faculdades especiais que justifique um pedestal de glórias que não possuo.

Posso falar abertamente que tive o merecimento, plantado em atos de ternura, bondade e fraternidade em outras vidas e por isso, nesta minha última vida neste mundo de matéria, tive a oportunidade de ter em mãos instruções justas e certas, a bússola e o mapa para deixar este mundo de matéria de uma vez por todas e nunca mais voltar a nascer por aqui.

Dito isto, vamos então fazer mais um comentário sobre o importante Livro dos Espíritos e suas precisas e necessárias frases espíritas. Na verdade, este comentário reflete um trecho interessante que encontrei antes das perguntas e repostas propriamente ditas.

O trecho que me chamou atenção diz o seguinte: “A moral dos Espíritos superiores se resume, como a do Cristo, nesta máxima evangélica: Fazer aos outros o que quereríamos que os outros nos fizessem, isto é, fazer o bem e não o mal. Neste princípio encontra o homem uma regra universal de proceder, mesmo para as suas menores ações.”

“Ensinam-nos que o egoísmo, o orgulho, a sensualidade são paixões que nos aproximam da natureza animal, prendendo-nos à matéria; que o homem que, já neste mundo, se desliga da matéria, desprezando as futilidades mundanas e amando o próximo, se avizinha da natureza espiritual; que cada um deve tornar-se útil, de acordo com as faculdades e os meios que Deus lhe pôs nas mãos para experimentá-lo; que o Forte e o Poderoso devem amparo e proteção ao Fraco, porquanto transgride a Lei de Deus aquele que abusa da força e do poder para oprimir o seu semelhante.”

Saiba Como se Ligar à Eternidade Ainda Nesta Vida de Matéria

A natureza animal é regida pelas duas energias deformadas, poluídas e enfraquecidas, a energia magnética e a energia elétrica. E, como bem dizem as frases espíritas, o egoísmo, o orgulho e a sensualidade são ações que não somente nos aproximam dos animais. São Próprias dos irracionais. A diferença entre os animais Racionais e dos animais irracionais é óbvia: nós temos raciocínio, e eles não.

O fazer o bem sem ver a quem somente pode ser alcançado na concórdia. Há milhares de milênios que o homem vem tentando se desligar da matéria, deste reinado do mal onde tudo é passageiro e transitório. E por a matéria não ser o nosso verdadeiro mundo de origem é que não temos o direito de viver e morremos sem querer.

E com o pensamento a imaginação, não havia como o ser humano sair destas correntes que o aprisionam neste chãos, as energias elétrica e magnética. Somente quando se ligasse à energia vinda de outras paragens desconhecidas dos habitantes da Terra, muito acima do Astral Superior.

O verdadeiro propósito da vida é amar para evoluir e se ligar em vida aos planos superiores. Mas isto só é possível com a disciplina do vivente no contato com esta força suprema a tudo e todos que está presente em nosso universo deformado desde 1935, quando verificou-se esta evolução na natureza e no mundo espiritual em todos os sentidos.

Por isso, devemos ter persistência na bondade, no fazer o bem sem ver a quem, deixar de lado a ganância e a ambição e amar ao próximo como a nós mesmos. Afinal, que semeia ventos, colhe tempestades em vida e, sobretudo, nas cobranças que aparecem na transformação de uma vida para outra.

cta 1

Optimized-site oficial da CR

Conheça o site oficial da Cultura Racional


Compartilhe!

Luiz Racional

Luiz Rodrigues é jornalista e estudante de Cultura Racional | Livros Universo em Desencanto. Ouça o rap do Filhos do Racional Superior no Spotify: https://spoti.fi/37CbpwL Acesse o site oficial da Cultura Racional: http://bit.ly/38IBZWo

Você pode gostar...