Especial Livro dos Espíritos: Entenda a Relação Entre Reencarnação e Espiritismo

e espiritismo
Compartilhe!

O espiritismo tem diversas vertentes. Temos umbanda, candomblé, a linha recebida por Kardec, a magia negra da maçonaria, enfim, diversas formas, denominações e meios se manifestam há milhares de anos neste encantado pedaço de chão. Em comum, temos a realidade e a verdade que, por ser simples, por si mesma se explica através de provas e comprovações. E é assim quando falamos sobre reencarnação e espiritismo, processo onde nosso corpo energético vem sendo apurado através de idas e vindas. Neste texto, em mais da série de comentários que fazemos sobre o importante Livro dos Espíritos, vamos falar sobre o rosário destas idas e vindas e como a natureza cobra nossas dívidas em vida e, sobretudo, em nossa morte. Caso você tenha alguma dúvida, deixe sua opinião que responderemos assim que possível.

Verdade e Espiritismo Caminham Juntas há Milhares de Anos

Não existe efeito sem causa. Amor e espiritismo, vida e espiritismo, verdade e espiritismo, reencarnações e espiritismo: não podemos ser ingênuos e achar que existe efeito sem uma causa.  As milhares de vidas que já passamos por este chão de amarguras tiveram uma razão de ser, que é a o progresso de pureza e o retorno a nossa condição de energia de massa cósmica pura, limpa e perfeita. Os corpos dos espíritos, seres habitantes deste imenso vácuo entre o sol e terra, é formado pela energia elétrica e magnética. E a origem a que me refiro é um estado de perfeição absoluta, na eternidade de onde saímos e para onde estamos voltando.

As reencarnações não são um dogma, são as transformações na natureza de um corpo de vida para outro. Pois nada se perde, nada se cria, tudo se transforma. Quem faz o bem numa vida, colherá maravilhas na mesma vida e na transformação de uma vida para outra. E o mal é a mesma coisa. Afinal, tudo é visto e ouvido pelas instâncias supremas da natureza. Devemos respeitar tudo e todos. As reencarnações foram criadas pela natureza, que criou a morte também, com um único propósito: aperfeiçoar nosso progresso, apurar nossa condição de imperfeição, rudez, violência, desequilíbrio, materialismo e inconsciência.

O objetivo maior da natureza e das instâncias supremas é o retorno à origem, o retorno à eternidade. Nós vivemos artificialmente, fora da verdadeira natureza divina e devemos nos ligar em vida à origem, que fica acima da realidade espiritual, fica acima do sol. O mundo espiritual, formado pelas energias elétrica e magnética e suas diversas dimensões e paragens, fica entre o sol e a terra e toda esta espiritualidade degenerada do eterno. E a origem fica muito acima. A origem deu causa a este universo deformado. E a evolução real do ser humano é ligar-se em vida a esta energia da origem para, quando se transformar e deixar esta passageira condição material, subir, e não ficar mais preso à roda das reencarnações.

“171. Em que se funda o dogma da reencarnação?”

Acima, reproduzi a pergunta 171 do Livro dos Espíritos, e agora a sua resposta. “Na justiça de Deus e na revelação, pois incessantemente repetimos: o bom pai deixa sempre aberta a seus filhos uma porta para o arrependimento. Não te diz a razão que seria injusto privar para sempre da felicidade eterna todos aqueles de quem não dependeu o melhorarem-se? Não são filhos de Deus todos os homens? Só entre os egoístas se encontram a iniqüidade, o ódio implacável e os castigos sem remissão.”

E o comentário que segue no próprio livro é o que segue: “Todos os Espíritos tendem para a perfeição e Deus lhes faculta os meios de alcançá-la, proporcionando-lhes as provações da vida corporal. Sua justiça, porém, lhes concede realizar, em novas existências, o que não puderam fazer ou concluir numa primeira prova.”

Não há como não concordar com esta realidade. E digo mais: a tendência à perfeição é a origem. Tudo que existe teve a mesma origem, que é a eternidade, o estado de energia de massa cósmica de uma condensação única de pureza, limpeza e perfeição. Por isso, todos os habitantes do mundo invisível e os seres humanos tem o mesmo propósito que é evoluir e voltar à origem.

As provações da carne continuam, dependendo de nossa conduta na matéria, na vida energética, pois não há efeito sem causa. Esta tendência à perfeição refere-se ao movimento que está em curso na natureza de conexão a esta energia superior a tudo e a todos. Vamos nos ligar à origem em vida e sair desta roda de reencarnações para sempre.

cta 1

Optimized-site oficial da CR

Conheça o site oficial da Cultura Racional

Sobre 

Luiz é estudante de Cultura Racional dos Livros Universo em Desencanto, jornalista e rapper. Ouça nosso rap e baixe gratuitamente no Soundclod: https://soundcloud.com/filhosdoracionalsuperior

    Find more about me on:
  • facebook
  • youtube

Compartilhe!