Entenda Como Seria a Volta de Jesus e o quê ele Diria aos Homens

a volta de jesus
Compartilhe!

Muitos esperam a volta de Jesus Cristo em anúncios na bíblia. Mas qual seria o impacto deste regresso sobre a humanidade? Neste texto vamos falar sobre a volta de Jesus Cristo e o que suas mensagens representaram e representam para a humanidade.

Jesus dizia: “Ame seus inimigos, faça o bem para aqueles que te odeiam, abençoe aqueles que te amaldiçoam, reze por aqueles que te maltratam. Se alguém te bater no rosto, ofereça a outra face.” Por quê será que tenho a impressão que estas sábias palavras ficaram vazias e sem significado? Caso você tenha alguma dúvida, deixe sua opinião no final que responderemos assim que possível.

A Volta de Jesus e o Fazer o Bem o sem Olhar a Quem

Lembro como se fosse hoje das minhas aulas de catecismo quando me preparava para a primeira comunhão. Frequentava o subsolo da Igreja Nossa Senhora do Brasil numa sala de aula ao lado de um confissionário. Eu sempre achava que estava devendo alguma coisa. Afinal, quando soube que Jesus dizia em sua época “ame a teu próximo como a ti mesmo e não faça aos outros o que não quer que façam contigo”, vi que tratava-se realmente de uma pessoa especial com uma missão singular de ajudar a diminuir os nós de rudez e ferocidade dos homens.

Na época eu só queria saber de jogar futebol, bater figurinha do campeonato brasileiro e assistir ao seriado Chaves na tv. Não me preocupava em amar ao próximo como a mim mesmo. Eu torço para o São Paulo e na época parecia impossível amar algum corinthiano. Brincadeiras à parte, não sei como seria a volta de Jesus nos dias de hoje. Tanta corrupção, intolerância, ganância, guerras e mentiras. Fico me perguntando se ele ficaria decepcionado com os rumos que suas palavras tomaram. Quando ele visse o que foi feito em seu nome na época de Inquisição, as toneladas de ouro que Portugal e Espanha levaram da América Latina para construir suntuosas igrejas, qual seria sua reação? Afinal, Jesus disse que “Deus está dentro de você e ao seu redor, e não em castelos de pedra ou em mansões de madeira. Levante uma pedra e encontrará Deus.Quebre um pedaço de madeira e Ele estará ali.”

Quase 25 anos depois de ter feito catecismo lá em São Paulo mudei bastante. Evolui espiritualmente e alcancei um nível de conhecimento que novamente me fez lembrar da palavra de Jesus. Na verdade, percebi como é difícil amar ao próximo como a mim mesmo. Não é fácil. Uma pessoa te xinga na rua, dá uma fechada no seu carro, esbarra em você, fura sua fila no supermercado. São diversas situações que deveríamos ter paciência e tolerância, mas não vejo isso na prática. Talvez há quem possa dizer: é difícil pois você não tem Jesus no coração e tal. Mas o fato é o seguinte. Falar é fácil, difícil é transformar palavras em ações.

A Voz Suprema Universal diz: Não Faça aos Outros o que não Quer que Façam Contigo

Existe uma verdade absoluta nesta frase. Acompanhe o raciocínio. A origem de todos os homens, de todos os seres vivos, água, terra, vegetais, animais, sol, lua e estrelas é a mesma. Não existe efeito sem causa. A origem destes corpos materiais é a força suprema, de origem divina. Não falo aqui nada de novo. Mas o ponto que desejo chegar vem agora.

E como somos da mesma origem, somos todos um só, apenas separados materialmente. Nossa origem, nossa energia, independente de nomes, convicções, crenças, lendas, contos, histórias, filosofias, religiões, doutrinas, nossa origem é o mesmo ponto, a mesma força suprema. Por isso, quando fazemos mal ao próximo, estamos fazendo mal também a nós mesmos, pois somos todos um só. A separação material, a divisão entre o homem e a mulher, o brasileiro e o japonês, o russo, o chileno, é apenas o efeito, veio naturalmente, após a origem. Mas a causa é uma só. Portanto, “não faça aos outros o que não quer que façam contigo” é muito mais do que palavras verbalizadas por um sábio homem.

Trata-se uma supremacia universal, uma decorrência da origem divina do universo. Esta frase é uma materialização do princípio do amor universal, da compreensão, da concórdia, da justiça, da bondade, caridade, fraternidade, paz e o verdadeiro amor na Terra e no prosseguimento rumo ao Reinado Divino.

E aqui eu volto àquele ponto de que não é fácil fazer o bem ser ver a quem. Devemos ter persistência na bondade e calma para tudo reflorescer de bem para melhor. A evolução do homem deve ser feita agora, em vida. Por mais que a volta de Jesus seja vista com expectativa, creio que ele ficaria um tanto surpreso com os rumos que sua palavra tomou nos últimos dois mil anos. Vamos colocar em prática o amar ao próximo como a si mesmo e fazer o bem sem ver a quem. Vamos respeitar tudo e todos pois todos são filhos de Deus. Vamos evoluir pois tudo evolui.

Leia o Artigo Principal

Sobre 

Luiz é estudante de Cultura Racional dos Livros Universo em Desencanto, jornalista e rapper. Ouça nosso rap e baixe gratuitamente no Soundclod: https://soundcloud.com/filhosdoracionalsuperior

    Find more about me on:
  • facebook
  • youtube

Compartilhe!

4 thoughts on “Entenda Como Seria a Volta de Jesus e o quê ele Diria aos Homens

  1. Anngélica

    Compartilho das mesmas idéias (Luiz Rodrigues). E acho pertinente o tema, pois a palavra se torna efêmera quando a vaidade e a ignorância fala mais alto que a inteligência racional de buscar não somente a lógica e o sentido da vida, mas antes de tudo lapidar o eu e tornar a fusão/ação uma vitória diária. De modo que nos faça enxergar Jesus Cristo uns nos outros. E não adversários! Buscar na explicação alheia um novo sentido a ser investigado e que nos acrescente constituir nossa humildade. Afinal eu, tu, ele, nós somos a unidade em questão. Afinal como diria um grande sábio: “_ O que seria do Messias se Ele voltasse?” Será que seria reconhecido se viesse como negro ou mendigo? Que espécie de “sábio” espera nossa humanidade? Ele já voltou? E se voltou ainda não foi reconhecido! Que pena! Enquanto muitos esperam, vamos caminhando e trabalhando no Caminho do Bem porque é assim que MJC nos ensinou!

  2. Dioguinaldo Gripp Diogo

    Interessante o seu ponto de vista, o que faço a meu próximo faço a mim mesmo. A lei do retorno. O que planto colho. Só não acho que Jesus ficaria surpreso com o que fazem em seu nome, pois ele mesmo alertou que muitos viriam em seu nome fazendo-se paasar por Ele, e como se fosse Ele que tivesse mandado. Mas os escolhidos não seriam enganados. Parabéns Luiz, apesar de eu não ter uma religião definida, e nem pretendo ter, amo a todos que de alguma forma pregam o evangelho de Jesus, o meu irmão mais velho. Quanto a evolução, parece que estamos no caminho inverso, não amamos o próximo, não amamos a Deus, e assim por diante. Parece que o que vale é apenas a opinião do meu umbigo, e pronto. Tiro por mim, tente mudar a minha opinião formada, e arranjará uma encrenca. E assim caminha a humanidade. Deus me ajude um dia a ser mais humilde.

  3. Maisa

    O autor deste texto só conseguiu provar que não sabe NADA sobre a bíblia. Antes de fazer análises pelo menos leia a Bíblia. Essa bobagem não tem nexo nenhum.

    • luizrodrigues2011 Post author

      Olá Maisa, como vai? Obrigado por visitar nosso website. Tudo que foi feito até hoje pelo pensamento e a imaginação foi preciso e necessário para a evolução dos povos. Não acho que o meu texto seja uma bobagem. Na verdade, ele tem base e lógica. Li muitos anos e bíblia. Um abraço!

Comments are closed.