Entenda a Relação entre Religiões, Francisco de Assis e o Papa

religioes 0
Compartilhe!

Todas as religiões, contos, lendas e filosofias tiveram razão de existir: diminuir, pela lapidação, nossa herança de rudez, atraso e brutalidade. Neste texto, vamos falar do importante papel das religiões e de conhecimentos como a bíblia, que guiaram e ajudaram os homens a entender que o verdadeiro significado da vida é amar ao próximo como a si mesmo e fazer o bem sem ver a quem.

O Papa Francisco escolheu seu nome numa comprovação dos desígnios maiores da divina providência, trazendo para milhares de pessoas no mundo o exemplo de humildade, caridade e devoção do italiano Giovanni di Pietro di Bernardone, mais conhecido como Francisco de Assis. Caso você tenha alguma dúvida, deixe sua opinião que responderemos assim que possível.

As Religiões Ensinaram que o Amor, a Caridade e o Respeito são Tudo na Vida

religioes 1Jorge Mario Bergoglio nasceu numa família de imigrantes italianos. Seu pai, Mario Bergoglio, nascido em Portacomaro, era um trabalhador ferroviário e sua mãe, nascida em Buenos Aires de pais genoveses, era dona de casa. Seu pai também jogava basquetebol no San Lorenzo, um dos cinco grandes do futebol argentino e cujas origens haviam sido impulsionadas por um padre. Jorge viraria torcedor sanlorencista, já tendo afirmado que não perdeu nenhum jogo do título argentino de 1946, quando tinha então dez anos.

Nascido e criado no bairro de Flores, atual sede do San Lorenzo, Jorge Bergoglio fez graduação e mestrado em química, na Universidade de Buenos Aires. Na juventude, teve uma doença respiratória que numa operação de remoção lhe fez perder um pulmão. Durante a sua adolescência, teve uma namorada, Amalia. Segundo ela, Bergoglio chegou a pedi-la em casamento, tendo ele inclusive afirmado que, do contrário, se tornaria padre.

Na homilia da missa inaugural de seu pontificado, o Papa Francisco reiterou o exemplo de São Francisco de Assis de respeitar todas as criaturas de Deus e o ambiente em que vivem. Na mesma ocasião, fez um apelo aos governantes e a todas as pessoas para que cuidem do meio ambiente. Em outras palavras: que se desenvolvam sem destruir o que é de Deus.

Conheça o Amor aos Animais e à Natureza de Francisco de Assis

religioes 4Francisco foi um frade católico e pregador que nasceu em 1181 e morreu em outubro de 1226. Antes de começar sua missão, viveu uma vida típica de um jovem rico. Sua vida mudou quando foi para a guerra em 1204 e teve uma visão que dirigiu-lhe a volta para Assis, onde perdeu seu gosto pela vida mundana. Em uma peregrinação a Roma, ele se juntou aos pobres na mendicância na Basílica de São Pedro. E isto mudaria para sempre as religiões de todo o mundo.

A experiência levou a viver na pobreza e quando voltou para casa começou a pregar nas ruas de Assis, sua cidade natal. Ficou é conhecido como o Santo padroeiro dos animais e da natureza. É comum para as igrejas Católica e Anglicana segurar animais bênção de cerimônias no seu dia de festa, de 4 de outubro.

A pobreza era tão importante para Francisco que em suas últimas obras escritas, disse que era o estilo de vida essencial para os membros de sua ordem. Por acreditar que a própria natureza era o espelho de Deus, chamou todas as criaturas de irmãos e irmãs. Em seu conhecido cântico Louvores das Criaturas, ou Cântico do sol, Francisco mencionou o irmão sol e Irmã lua, o vento, a água e a irmã morte. Como disse, o exemplo de bondade e fraternidade de Francisco é um exemplo para todas as religiões.

Uma Estátua de Francisco de Assis com Pássaros do Jardim

religioes 3Muitas das histórias que cercam a vida de São Francisco disse que tinha um grande amor pelos animais e pela natureza. Certo dia, enquanto Francisco viajava com alguns companheiros, em certo ponto de uma pequena estrada centenas de aves encheram as árvores em ambos os lados. Francisco teria dito aos seu seguidores:Espere por mim enquanto eu vou pregar às minhas irmãs aves. Os pássaros cercavam, intrigado com o poder de sua voz, e nenhum deles voou para longe. Por isso, ele é retratado com um pássaro, geralmente na mão.

Outra conhecida história diz que na cidade de Gubbio, onde Francisco viveu durante algum tempo, havia um lobo terrível e feroz que devorava homens e animais. Francisco soube da história e, como tinha compaixão pelos habitantes da cidade, foi para as colinas achar o lobo. Seus seguidores achavam que ele estava louco e não acompanharam-no, apenas um deles que contou o que relato em seguida.

Quando Francisco encontrou o lobo, saudou a fera e, conversando, fez o lobo vir até ele. O lobo, que rangia os dentes, fechou suas mandíbulas e deitou-se aos pés de Francisco, que disse:Irmão lobo, você tem causado muitos problemas  por aqui. Todas essas pessoas te acusam e te amaldiçoam. Mas, irmão lobo, eu gostaria de fazer a paz entre você e as pessoas. Então Francisco conduziu o lobo para a cidade e cercado pelos cidadãos assustados, fez um pacto entre eles e o lobo: os cidadãos alimentam o lobo e este não mais atacaria os rebanhos e as pessoas.

Trouxemos este exemplo de Francisco para ilustrar os desígnios maiores da natureza. Espalhar amor e concórdia sempre foi o objetivo do pensamento e da imaginação, sempre foi a vontade de todos os homens. Mas, em muitos casos, instituições que representavam Deus queriam fazer valer seus ideais a qualquer preço. Nem que para isso fosse preciso matar o próximo, destruindo seus irmãos.  A bíblia para os antigos teve, e ainda tem para muito, este importante papel. O exemplo de Francisco de Assis é válido para todas as religiões: vamos  vida é amar ao próximo como a si mesmo e fazer o bem sem ver a quem.

Leia o Artigo Principal

Sobre 

Luiz é estudante de Cultura Racional dos Livros Universo em Desencanto, jornalista e rapper. Ouça nosso rap e baixe gratuitamente no Soundclod: https://soundcloud.com/filhosdoracionalsuperior

    Find more about me on:
  • facebook
  • youtube

Compartilhe!