Normalmente associado a fatores como depressão, transtorno bipolar, alcoolismo e uso de entorpecentes em geral, o suicídio ocupa a décima posição entre as causas de morte em todo o mundo.

Neste texto você vai ficar sabendo porque a paralisação do pensamento, que aconteceu com a mudança de fase da natureza em 1935, tem influência direta na causa dos suicídios.

Como não existe efeito sem causa, os suicídios ocorrem por influência dos seres invisíveis que habitam este imenso vácuo que existe entre o Sol e Terra.

Mas isso vamos falar mais adiante. Caso você tenha alguma dúvida, deixe sua opinião ao final que faremos o possível para responder.

O Fim do Pensamento e Suas Consequências

estrada do suicidioSe você tentar curar uma pessoa sem saber a causa da doença não haverá cura, mas sim um remendo.

E remediando vivem todos há muito, remediando até não poder mais e perder a vida. E com o suicídio não é diferente.

A causa é um e o efeito é outro. A causa é a razão, a origem e o efeito é apenas a superfície perceptível. A causa é fluídica, energética, pois não há efeito sem causa.

A pessoa recebendo as transmissões elétricas e magnéticas enfraquecidas fica desequilibrada, vive contra si mesma e tira a própria vida.

O pensamento nasceu e morreu e na vida de matéria vai ser sempre assim. Tudo que um dia neste chão surgir, crescer e reflorescer vai desaparecer. E assim foi com o pensamento. E as mortes que vemos no mundo refletem esta falência moral, física e financeira.

Esta liquidação moral, física e financeira. Isso ocorre porque a natureza mudou de fase e deixou de alimentar o pensamento e a imaginação.

Por isso, os pensadores não conseguem mais resolver seus problemas. O enfraquecimento do pensamento causou o desequilíbiro. O desequilíbrio causou a discórdia.

A discórdia causou as brigas e as guerras que se vêem pelo mundo afora. Mas onde não há bombas, os pensadores tiram a própria vida pois não mais sentido em estar vivo e viver contra a natureza.

Pois quem vive sem se conhecer, quem vive sem saber desta grande mudança de fase que aconteceu na natureza em 1935, não pode ter paz.

O Suicídio é um Movimento Energético da Destruidora Energia Magnética

O suicídio é causado pelas contrariedades, pelos maus pensamentos, desânimo, enfim, tudo transmissão do fluido elétrico e magnético, duas energias que alimentaram o pensamento e a imaginação até a mudança de fase.

E o ser humano vive contra si mesmo por viver contra a natureza. E por viver contra a natureza, acaba por tirar sua vida pois não é mais amparado, guiado e orientado pela natureza.

suicidioO fluido bom transmite concórdia, paz, amor e alegria de viver. O fluido mau transmite raiva, desconfiança, medo, vingança, depressão e a vontade de tirar a própria vida.

O fluido elétrico era a causa do pensamento e o fluido magnético a causa da imaginação. Com a mudança de fase, com a mudança na regência energética que aconteceu no início do século 21, estes dois fluidos enfraqueceram pois a natureza parou de alimentá-los.

Era a natureza que, através destes dois fluidos degenerados, deformados, poluídos e enfraquecidos, alimentava o pensamento e a imaginação de toda a humanidade.

O suicídio é um movimento energético e para combater as suas origens, as suas causas, somente com outro movimento energético.

O pensamento e imaginação são duas máquinas de lapidação de toda a humanidade. Não foram feitos para acertar, pois se tivessem sido feitos para acertar, já teriam acertado há milhares de anos.

O pensamento e a imaginação são duas máquinas inconscientes que nunca puderam revelar ao homem a sua verdadeira origem e a origem do universo. Somente quando o ser humano passasse a se conhecer é que haveria o equilíbrio perfeito, o fim do sofrimento e de pessoas tirando suas próprias vidas.

Uma Luz Nunca Vista e sem Igual Está Brilhando no Universo

Para vencer o lado energético do suicídio, pois sua causa é energética, somente um fluido mais poderoso do que estes dois fluidos deformados, o fluido elétrico e o fluido magnético. Agora vamos mencionar algo que não falamos ainda neste artigo.

A palavra Racional e a sua importância aí por cima. Racional é muito mais do que uma palavra como as 700 palavras acima. Racional é um fluido que deu causa a estes dois fluidos deformados e enfraquecidos, o fluido elétrico do pensamento e o fluido magnético da imaginação.

A única arma que vence o suicídio é este fluido chamado Racional. O fluido do pensamento transmite palavras na cabeça dos pensadores e o fluido magnético transmite imagens. O fluido Racional não transmite pensamento, nem imaginação.

Este fluido puro, limpo e perfeito transmite o raciocínio. E somente o desenvolvimento do raciocínio é que pode ajudar o ser humano a viver equilibrado, feliz e não desejar mais tirar sua própria vida.

Com a mudança de fase na natureza, entrou em função este fluido poderoso que tem força para desfazer os males causados por estas duas energias que somente causaram sofrimento ao ser humano. Um esclarecimento: o fluido é um ser vivo que dá a vida e mantém a vida.

O vento, o calor, o frio, o cheiro de um perfume, enfim, os fluidos são seres vivos invisíveis, que você sente mas não vê. Assim como o pensamento que você sente mas não vê, não podemos negar sua existência.

O fluido Racional é a única arma que pode ser usada para evitar o suicídio, pois este fluido é a causa dos dois fluidos deformados. E na medida em que os dois fluidos deformados são a causa do suicídio, terminando a ação do fluido deformado sobre o ser humano, cessam de imediato seus efeitos maléficos.

Saiba Como Encontrar o Livro Universo em Desencanto

O fluido Racional está materializado em palavras nas páginas brilhantes do Livro Universo em Desencanto. Com o estudo diário deste conhecimento inédito, o ser humano desenvolve o raciocínio e adquire a condição de imunizado racionalmente.

Uma vez imunizado, como a própria palavra diz, fica imune aos efeitos destruidores destes dois fluidos elétrico e magnético.

Optimized-cta quero encontrar o livro Universo em Desencanto


Informações Importantes de Organizações que Podem Ajudar quem Deseja Cometer Suicídio

http://www.cvv.org.br/O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias.

Para obter ajuda basta telefonar para o número: 141.

Você sabe como ajudar a pessoa sob risco de suicídio?

Feito pelo Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana da Saúde e Universidade Estadual de Campinas, o Manual de “Prevenção ao Suicídio” traz informações importantes sobre o tema.

“Quando as pessoas dizem “eu estou cansado da vida” ou “não há mais razão para eu viver”, elas geralmente são rejeitadas, ou então são obrigadas a ouvir sobre outras pessoas que estiveram em dificuldades piores.

Nenhuma dessas atitudes ajuda a pessoa sob risco de suicídio. O contato inicial é muito importante. Freqüentemente, ele ocorre numa clínica, casa ou espaço público, onde pode ser difícil ter uma conversa particular.

  1. O primeiro passo é achar um lugar adequado, onde uma conversa tranqüila possa ser mantida com privacidade razoável.
  2. O próximo passo é reservar o tempo necessário. Pessoas com ideação suicida usualmente necessitam de mais tempo para deixar de se achar um fardo. É preciso também estar disponível emocionalmente para lhes dar atenção.
  3. A tarefa mais importante é ouvi-las efetivamente. Conseguir esse contato e ouvir é por si só o maior passo para reduzir o nível de desespero suicida. O objetivo é preencher uma lacuna criada pela desconfiança, pelo desespero e pela perda de esperança e dar à pessoa a esperança de que as coisas podem mudar para melhor.

Veja agora como você deve se comunicar:

  • Ouvir atentamente, com calma.
  • Entender os sentimentos da pessoa (empatia).
  • Dar mensagens não verbais de aceitação e respeito.
  • Expressar respeito pelas opiniões e pelos valores da pessoa.
  • Conversar honestamente e com autenticidade.
  • Mostrar sua preocupação, seu cuidado e sua afeição.
  • Focalizar nos sentimentos da pessoa.

Saiba o que NÃO fazer ao se comunicar para evitar piorar a situação:

  • Interromper muito freqüentemente.
  • Ficar chocado ou muito emocionado.
  • Dizer que você está ocupado.
  • Fazer o problema parecer trivial.
  • Tratar o paciente de uma maneira que possa colocá-lo numa posição de inferioridade.
  • Dizer simplesmente que tudo vai ficar bem.
  • Fazer perguntas indiscretas.

Neste outro artigo sobre como prevenir o risco e a tentativa de suicídio, alguns psiquiatras apontam os principais fatores de risco:

  • Tentativa anterior de suicídio, com intenção de morrer.
  • Ansiedade, depressão, alcoolismo, quadro psicótico e estado de exaustão.
  • Tentativa premeditada e ativamente preparada.
  • Disponibilidade dos meios para o suicídio (métodos violentos e letais).
  • Preocupação com o efeito do suicídio sobre os membros da família.
  • Ideação suicida verbalizada.
  • Preparação de um testamento ou cenas de despedida.
  • Crise vital próxima, como luto, cirurgia iminente ou dissolução de um relacionamento amoroso.
  • História familiar de suicídio.
  • Mudanças de condições de saúde ou estado físico.
  • Início ou cessação de medicação psicotrópica.
  • Intoxicação por álcool ou droga.
  • Melhora súbita do humor depressivo.
  • Sentimento de desesperança.
  • Família suicidogênica.
  • Precaução para evitar intervenção, como isolamento ou minimização do risco de descoberta.
  • Nenhuma ação para pedir socorro após o evento.
  • Pessoa com remorso por sobreviver da tentativa.

Referência no auxílio a prevenção do suicídio nos Estados Unidos, a IASP – International Association for Suicide Prevention possui diversas publicações que podem ajudar.

Há ainda a ONG Terapeutas Sem Fronteiras que oferece grátis serviços de apoio a emocional e terapêutico.

Neste site sobre como prevenir suicídio há diversas informações que podem ajudar a lidar com a situação.

Abaixo seguem alguns links de organizações com informações que podem ajudar a evitar que jovens cometam suicídios:

Organizações Internacionais