Por Suely Santos Lima, estudante de Cultura Racional, em artigo no Jornal Racional de maio de 1978.

“O abuso do livre arbítrio deu causa a uma consequência grave, a Lei da Gravidade — onde tudo sutil, etéreo se tornou grave, denso, pesado. Com o abuso do livre arbítrio, nos desligamos da unidade harmoniosa e perdemos, assim, a nossa própria unidade.”

Neste artigo vamos falar de uma energia que deixou de ser o que era e transformou-se, por movimentos naturais, em duas energias degeneradas, deformadas, poluídas e enfraquecidas que deram causa a este universo material, as energias elétrica e magnética.

“Perdendo a nossa individualidade, porque ao nos desligarmos do Todo, que forma a unidade, tivemos as consequências verificadas em nosso próprio ser, que perdeu sua personalidade individual — Indivisível, Única — e se dividiu.” Caso você tenha alguma dúvida deixe sua opinião ao final do artigo que faremos o possível para responder.

Entenda o Progresso Degenerativo da Própria Natureza

energia da terra magnetismo“Dividiu-se, subdividindo-se numa energia que era pura, limpa e perfeita, compacta em sua consistência divina, logo, eterna. E passou a uma energia deformada fluidicamente, desarmoniosa, desarmonizada, vivendo em desarmonia com tudo por ter perdido sua própria junção original.

Por isso, o fluido, ou energia, é um corpo deformado que está preso às sete partes do porquê assim somos.

Entretanto, os corpos dos viventes da Terra são corpos formados por sete partes, depois da degeneração consumida de todo, porque tudo que degenera se multiplica.

Assim sendo, a máquina microbiana original da deformação, isto é, a máquina orgânica em sua formação inicial dentro desse novo campo de vida degenerado, teve como base de formação apenas três elementos: o fluido do foco de luz formado pelas energias perdidas dos Racionais ao se deformarem e que foi o que deu causa ou formação à vida dos micróbios, vírus ou germes; a terra sendo a incubadora e a água funcionando como objeto de formação.

Entretanto, como tudo que degenera se multiplica, passamos a formações mais degeneradas, mais inferiorizadas e mais dependentes, ao ficarmos vinculados a sete partes vitais com o progresso degenerativo da própria natureza, e por termos descido até a sétima escala hierárquica de deformação do natural.

Assim sendo, para não chegarmos à extinção desta geração e irmos para outra muito pior é que se fez presente entre nós a Redenção Universal, que é a Imunização Racional.

E uma vez imunizando-nos, esse corpo energético disperso vai reassumindo sua primitiva unidade, onde começa a formar novamente, ou seja, a dar forma ao corpo primitivo que se degenerou. A consequência foi o desfalque e o enfraquecimento dessas sete partes que compõem esta natureza degenerada.

Entenda a Relação de Tempo, Espaço e Matéria

campo de energia magnéticaSabe-se que o mundo é consequência dos seus próprios habitantes. Por isso, a Imunização Racional completa a todos por devolver a todos a sua unidade, sua individualidade como personalidade Racional.

Ou seja, o retorno a sua consistência vibratória divina, eterna.

Ao perdermos nossa individualidade indivisível, saímos do nosso próprio interior, isto é, da perpetualidade que causa a eternidade e fomos para o exterior, perdendo ao nos degenerarmos, a consistência eterna e criando, com isso, o fator degenerado chamado tempo.

Tempo onde tudo tem princípio e tem fim, ficando este fator denominado tempo vinculado a um outro fator degenerado chamado espaço.

Assim sendo, passamos do imponderável para o ponderável, do transcendental para o concreto, do ilimitado para o limite de tempo e espaço por termos perdido nosso ritmo vibratório original.

Causando assim, um outro ritmo de vida, onde o campo de vida vibratório é tão baixo, tão lento, tão moroso que deu causa a mais um fator degenerado, qual seja, o que dá o aspecto ilusionista de que está parado, inerte, que é a energia degenerada eletromagnética que deu causa, por sua vez, ao fator degenerado chamado matéria.

Assim sendo, por ser a matéria um fator degenerado, está presa à Lei Natural da degeneração onde tudo gera, nasce, cresce, refloresce aparentemente e desaparece.

Porque, ao decairmos vibratoriamente, deixamos a plenitude da vida em um Mundo denominado Planície Racional que, só o nome, dá-nos ideia de amplitude, do ilimitado, onde não há limite de extensão de profundidade por tudo se estender ininterruptamente, desenvolvendo-se eternamente, progredindo, apurando-se sempre.

Qual é o Limite do Tempo e do Espaço?

Dessa forma, criamos o limite superficial aparente do tempo e do espaço, onde nada adianta nada, pois tudo dispõe apenas de um espaço-tempo de duração e é por isso que tudo se acaba.

Assim sendo, ao nos degenerarmos, nos desligamos da nossa vida Racional e, consequentemente, paralisamos nosso progresso de pureza, porque Racional é pureza.

Pureza onde há sempre a continuidade da perfeição, ou seja, a purificação no ficar cada vez mais puro, cada vez mais brilhante, refulgente, num acréscimo de esplendor onde tudo cresce, refloresce e resplandece. Então, ao nos desviarmos da rota Racional, nos estagnamos, ficamos estagnados, porque tomamos uma rota irracional, em sentido contrário, inverso. Ou seja, enveredamos pelo caminho contrário ao da pureza, indo pelo progresso da impureza, daí a poluição.

Ao diminuirmos a nossa pulsação vibratória, nosso ritmo vibratório Racional, nosso corpo de energia começou a enfraquecer, a diminuir, a se decompor em multiplicação de enfraquecimento, até chegarmos a condição de Racionais degenerados ao ponto de sua extinção. Onde houve um ressurgimento, numa espécie de renascimento em um corpo, com outro tipo energético de condensação, com outra formação, estrutura e composição degenerada, frágil, vulnerável ao mal que já é outro tipo de processo degenerativo, ao qual denominamos ‘doença’.

Saiba Como Encontrar o Livro Universo em Desencanto

Este artigo baseia-se na sabedoria transcendental contida nas páginas brilhantes dos Livros Universo em Desencanto. E a energia Racional está materializada em palavras ao acesso de todos nos Livros Universo em Desencanto.

Esta energia pura, limpa e perfeita descreve, com base e lógica e uma infinidade de provas e comprovações, de onde viemos e para onde vamos, como viemos e como vamos.

Trata-se de uma descrição completa da verdadeira origem da humanidade. Não é religião, ciência, doutrina, seita ou espiritismo. É um conhecimento natural da natureza que, através da energia Racional, a energia pura, limpa e perfeita, levará o ser humano ao seu verdadeiro Mundo de Origem, o Mundo Racional.

Optimized-cta quero encontrar o livro Universo em Desencanto