Manoel Jacintho Coelho, o Maior Homem do Mundo

Compartilhe!

O texto que vamos transcrever neste post foi publicado originalmente na edição de dezembro de 2016 do jornal “O Nordestino” por Gilberto Costa, estudante de Cultura Racional.

“Falar sobre o Senhor Manoel é falar sobre a sua Obra, porque sua Obra foi a sua vida. Uma vida dedicada à causa humana, através de seu trabalho em prol da racionalização dos povos.

Como Aparelho do RACIONAL SUPERIOR recebeu as mensagens transmitidas do Mundo Racional, que é a cultura do desencanto, do desenvolvimento do raciocínio, a Cultura Racional.”

Cumprem-se as Profecias

Cumprindo-se assim as profecias de que chegaria na Terra o conhecimento da evolução cósmica da humanidade, numa incumbência cultural em prol de uma nova era de paz, amor e fraternidade para todos os seres dessa Galáxia Térrea.

Aí está a “Super Obra” do desenvolvimento do raciocínio, comprovando o que foi anunciado por vários antigos profetas: que o Brasil seria o berço do conhecimento da racionalização dos povos, o maior celeiro do mundo, a prodigiosa fonte de bondade, sabedoria e amor à humanidade!

Uma Obra Eterna de Feitos Gloriosos e Descobertas Divinas

Hoje, através dos estudos da Cultura Racional, contida nas brilhantes páginas dos Livros Universo em Desencanto, temos as respostas a todas as nossas indagações: Quem somos, de onde viemos e para onde vamos.

E nos dias dos Pais, dia tão especial, a nossa gratidão é grande ao lembrar do Senhor Manoel, que com a sua suprema sabedoria nos revelou nossa verdadeira origem.”

O Nascimento do Maior Benfeitor da Humanidade

Em 30 de dezembro de 1903 nascia Manoel Jacintho Coelho, de parto normal, em sua casa, na Rua Barão de Iguatemi, no Matoso, Rio de Janeiro, pelas mãos da então parteira Sra. Amélia Baiana, conhecida por todos como Amélia Baiana.

Amélia Baiana que com a sua simplicidade e sabedoria, logo que recebeu Manoel em seus braços, percebeu se tratar de uma pessoa especial, pois sentiu o poder da energia emanada daquele pequenino ser.

Energia que Aquele Bebê Recebeu no Instante do seu Nascimento

No instante do seu nascimento uma estrela caiu na porta da sua casa, surpreendendo os moradores daquela rua.

Filho de músicos, o pai Manoel era maestro e a mãe Rosa, professora de piano. Eles também pressentiram que o filho Manoel viera ao mundo para uma missão muito especial. (…)

O nascimento desse menino, que trazia em si a cor de bronze, que simboliza a união de todas as raças, marcou a chegada da Fase Racional.

Fase essa que, segundo as leis naturais da natureza, se tornaria conhecida 32 anos depois.”

Então, por estes motivos, gostaria de fazer esta singela homenagem ao Senhor Manoel Jacintho Coelho por ter tido a coragem de ter descido do Mundo Racional e vir se materializar como ser humano para salvar os seres humanos.

Agradeço, Senhor Manoel, pela minha eterna salvação.

Salve!

Sobre 

Luiz é estudante de Cultura Racional dos Livros Universo em Desencanto, jornalista e rapper. Ouça nosso rap e baixe gratuitamente no Soundclod: https://soundcloud.com/filhosdoracionalsuperior

    Find more about me on:
  • facebook
  • youtube

Compartilhe!

Gostou do texto?

Powered by Facebook Comments