avatars-000027683710-7by364-t500x500

Letra: Cultura do Cosmo 

Chegou o conhecimento da energia eterna

A cultura Racional está na Terra

É o saber da origem do ser humano

De onde veio há milhares de anos

Mostrando como voltará ao seu natural

De energia pura, limpa e perfeita, Racional

Mensagens do RACIONAL SUPERIOR

No livros UNIVERSO EM DESENCANTO

O objetivo da Cultura é simples

Ligar a humanidade a sua origem

Desenvolve a vidência do seu natural

Palestrando e vendo o Mundo Racional

E pra você comprovar o seu objetivo

Pode ser na leitura do primeiro Livro

Leia hoje, leia o Livro do momento

Leia o Livro UNIVERSO EM DESENCANTO

Raciocínio Racional Racional raciocínio

Raciocínio Racional Racional raciocínio

Leia o Livro Deus que a energia é eterna

Quem tem luz Racional não precisa de lanterna

Você pode ver luzes de vários tamanhos

Ter contato com os extraterrenos

Chegou o que já estava anunciado

Por Nostradamus, astrólogos, ciências e sábios

Conhecimento transcendental do desencanto

Ultrapassa a expectativa do saber humano

Desvenda a natureza e o animal Racional

Sem mistérios, com lógica natural

Não vem da mente de nenhum sofredor

É a verdade das verdades SUPERIOR

Não tem sinagoga ou outros lugares

Serão orientados dentro dos seus lares

Não é seita, religião, filosofia ou ciência

Mas fala sobre tudo isso com relevância

​É a base da origem por isso é desencanto

É a continuação de todo o saber humano

Define a formação do mundo em que vivemos

Sem mistério, enigmas e fenômenos

Respeita tudo e todos que existe na natureza

Promove paz, união, concórdia e beleza

A solidariedade humana de fazer o bem

Fazer o verdadeiro bem sem ver a quem

Integrando o homem na verdadeira natureza

Despertando a consciência da suprema pureza

Conhecimento de reconstrução da humanidade

De cultura brasileira em sua pluralidade

Respeitando as diferenças e os direitos humanos

Harmoniza com a realidade que vivemos

Universo em Desencanto é a grande verdade

Descrição detalhada da origem da humanidade

Detalha seus primórdios e a sua evolução

Não é pensamento nem imaginação

Raciocínio Racional Racional raciocínio

Raciocínio Racional Racional raciocínio

Leia o Livro Deus que a energia é eterna

Quem tem luz Racional não precisa de lanterna

Conduzindo a um aprendizado excepcional

Aborda assuntos do nosso verdadeiro natural

Considerados inatingíveis até agora

Quem estuda este livro a vida só melhora

Na evolução de seus brilhantes ensinamentos

Tenho novo sentido pra seguir vivendo

Encontrei a verdadeira razão do meu ser

Na Cultura Racional passei a me conhecer

Alimentando a positiva consciência

Desígnios da divina providência

Conduzido naturalmente ao equilíbrio

Racional raciocínio é o meu caminho

Obra grandiosa de benefícios sem iguais

Nos campos naturais, culturais e sociais

A verdadeira origem da humanidade

Todos devem conhecer a nova Fase

Estamos em plena fase consciente Racional

Fase de voltar ao verdadeiro natural

Natural que não é de matéria deste jeito

Corpo de energia puro limpo e perfeito

Raciocínio Racional Racional raciocínio

Raciocínio Racional Racional raciocínio

Letra: A causa da violência 

O verdadeiro / amor / é puro e perfeito /

A Cultura Racional / é da nova Era /

Espalhe o amor / abrace seu irmão /

O verdadeiro / amor / vem da razão /

Ninguém pode / ir / contra a mãe natureza /

Não existe nada como / a sua grandeza /

Se eu tenho sentimento / ela tem também /

O importante nesta vida é fazer o bem sem olhar a quem /

​Chega de guerra eu não aguento mais isso / quero desenvolver o raciocínio

Acordo cedo leio o meu Livro / Universo em Desencanto é o meu caminho

A natureza mudou seu ciclo / mil novecentos e trinta e cinco

Atenção ouça o que eu digo / segura tua onda relaxa que eu explico

Pensamento nasceu e morreu / e na matéria vai ser sempre assim

A origem de tudo você esqueceu / o que tem princípio vai ter o seu fim

Termino a fase o pensamento / quem não percebeu parou no tempo

Quem vacilou só lamento / a causa da violência é o fim do pensamento

​Racional Raciocínio / falo com certeza /

é necessário / que você / preste atenção/

Ninguém sabia / que era / a natureza /

que dava o pensamento / e a imaginação/

Desde o tempo dos selvagens primitivooos /

ela comanda todo o meu sentimento/

Abra os olhos / fique atento meu amigo /

a causa da violência é a paralisação do pensamento/

​Guerras no mundo desde sempre / pensando e imaginando ninguém se entende

O pensamento nunca foi consciente / comanda e governa e você nem sente

Naturalmente mil coisas na mente / conhece por fora e domina dentro

Se ele fosse consciente / já tinha acertado há muito tempo

magnético some sai da minha frente / você lapidou toda a humanidade

O certo aparente é inconsciente / aparências enganam não são verdades

O pensamento confundiu e mentiu / desta forma cumpriu a missão

Idas e vindas me conduziu / nascendo e morrendo preso no chão

​O pensamento / é filho / da deformação /

Nunca me explicou a origem deste chão

cinza mofada / água parada / surge a bicharada/

Não existe nessa vida efeito sem causa

Racional / Raciocínio / é o verdadeiro tudo /

A origem deste mundo é o outro mundo /

Deus não faria sofredores desse jeito

Super Mundo Racional, limpo perfeito sem defeitos/

A matéria nunca foi vida verdadeira / rios de sangue estampam dos jornais

Falência moral,e financeira / mães assassinas, filhos iguais

Violência cresce diariamente / será que é o fim dos tempos? Não!

Pisa direito não seja inocente / o raciocínio é a maior proteção

A natureza está muito cansada / não alimenta mais a deformação

Ela cansou desse tudo do nada / seus filhos tem que voltar à razão

A Natureza está Racional  / não alimenta mais o seu pensamento

Está voltando ao seu natural/ fruteira nenhuma dá antes do tempo

​Toda guerra / foi feita / pensando em acertar /

em fazer / os filhos / dos guerreiros sonhar/

Não existe / mistério / a causa é pensar /

Por  você ser diferente / então vou te matar/

Fraternidade / bondade / concórdia e amor /

ternura / carinho / e arrependimento /

A terra / somente / terá paz meu senhor /

com o raciocínio racional e o seu desenvolvimento/

​Nasceu neste mundo boa coisa não é / ninguém ama o próximo de coração

Falsidade impera no mundo / lapidando os filhos da deformação

Porque na matéria não há o que inventar /  tudo vai ser sempre assim

O que neste chão um dia reinar / vai ter o seu fim

A causa da guerra é ser diferente, vestir diferente, pensar diferente

ninguém mandou não ser como a gente / assim vive o bicho inconsciente

Quem não se conhece não sabe o que diz/ vive confuso preso no encanto

Quem se conhece vive feliz/ lendo Universo em Desencanto

O verdadeiro / amor / é puro e perfeito /

A Cultura Racional / é da nova Era /

Espalhe o amor / abrace seu irmão /

O verdadeiro / amor / vem da razão /

Ninguém pode / ir / contra a natureza /

Não existe nada como / a sua grandeza /

Se eu tenho sentimento / ela tem também /

O importante nesta vida é fazer o bem sem olhar a quem /

Letra: Habitantes

RACIONAL me avisou, mas eu não quis escutar

Nunca foram meus planos, fazer a terra e o mar

Quando vi o que fiz, não adiantava chorar

Pelo progresso de morte, é que eu iria voltar

Minhas virtudes subiam, e eu lentamente descia

E o meu brilho eterno, fez o Sol e a Lua

Eu perdia as virtudes, minha vida sumia

Eu perdia meu brilho, eu pedia ajuda

Eu estava na boa, puro limpo e perfeito

Abusei da liberdade, e fiquei desse jeito

RACIONAL SUPERIOR previu, tragédia

Tragédia que se transformou no mundo de matéria

Não tinha mais como eu agora olhar para cima

Já estava quase extinto, na goma e na resina

Eu era um ser de energia, quase materializado

Tudo por progredir num lugar inacabado

A liberdade é total entre os puros e perfeitos

Eu fui advertido, mas insisti no passeio

Eu achava que estava indo tudo muito bem

Como você hoje em dia, acha que vai também

Você acha natural, ser sofredor e mortal

Não aceita o certo, acha o errado normal

Se diz conformado, ter que nascer e morrer

Isso é pura vaidade,ninguém aceita sofrer

Eu nunca quis perder / minhas virtudes perfeitas

A planície que eu entrei / fez a Lua e as estrelas

Me transformei no início / do mar e da terra

A vida verdadeira é de energia eterna

Hoje eu quero andar, sobre as ondas do mar

Conversar com os rios, fontes e cachoeiras

Levitar na Amazônia, e toda a sua grandeza

Salve a minha Mãe, salve Mãe Natureza

A Natureza é Sol, Lua, estrela e planetas

Animal, vegetal, água, terra e cometas

Ela se transformou deixou de ser o que era

Mas já está voltando a ser energia eterna

Procurei pelo chão, meu passado perdido

Nas cavernas escuras e frias, da religião

Eu queria saber ,e entender de onde veio

A origem da causa, desta deformação

Descobri que fui feito quando acabou a pureza

E no caminho meu corpo, de luz fez o Sol

As virtudes da planície fizeram estrelas

Cujo brilho distante e frio hoje é o meu farol

Pra conhecer a verdade, tive que ser liberado

Combater a injustiça, defendendo os mais fracos

Hoje tenho a chave, para sair deste encanto

Leio o Livro UNIVERSO EM DESENCANTO

Eu nunca quis perder / minhas virtudes perfeitas

A planície que eu entrei / fez a Lua e as estrelas

Me transformei no início / do mar e da terra

A vida verdadeira é de energia eterna

Este Livro veio lá do Mundo Racional

Não é ciência do alfabeto artificial

É a palma da mão, alfabeto de astrologia

Que mostra o caminho, pra voltar a ser energia

Eu queria saber, responder as perguntas

Desvendar os mistérios, da terra e do céu

Eu só fui saber quem de fato eu realmente era

Quando soube quem era, o Senhor Manoel

Eu nunca quis perder / minhas virtudes perfeitas

A planície que eu entrei / fez a Lua e as estrelas

Me transformei no início / do mar e da terra

​A vida verdadeira é de energia eterna.

Letra: Bem Aventurados

Bem aventurada, eterna voz do absoluto

Ecoando seu brilho, pelos baixos mundos

Bem aventurados Filhos do Racional

As sementes voltando, ao seu estado natural

Bem aventurado, o eterno absoluto

Preparando as sementes, perdidas no escuro

Planificando além, de todas as suas formas

Cruzando o espaço o filho à casa retorna

Cultivo a vida independente da matéria

Bem aventurado no estudo da vida eterna

Eclode a vibração da energia consciente

Visitante e retirante festejando pra sempre

Abençoados os caminhos da lapidação

Cujo amargor é o remédio dos cegos do chão

Cujo amargor cura toda a inconsciência

Salve o conhecimento da divina providência

Bem aventurados, meus irmãos Racionais

Em seu fecundo labor, de salvação e paz

Operando naturalmente pelos baixos mundos

Cruzando os céus, em questão de segundos

Bem aventuradas, as energias eternas

Vem resgatar, as sementes deformadas

Perfeitas energias do consciente supremo

Me trazendo a lembrança do Mundo eterno

A origem chama, as mentes são os radares

Captando os chamados da base na eternidade

Operando os controles da superconsciência

Lapidando as arestas das incongruências

Recebendo orientação, preparando a viagem

Pelo cosmo regresso para a eternidade

Para o meu verdadeiro estado puro natural

No meu mundo origem, Super Mundo Racional

Bem Aventurado o comando terreno

Energia vibrando, no comando supremo

Multiplicando a cada instante todos os canais

Focalizando vigilante células Racionais

Bem Aventurado o comando Supremo

Perfeição ascendente, brilho do Super Mundo

A eternidade é um estado de graça

Além de descrições onde a vida não acaba

O Super Mundo é diferente e não tem rotação

Mundo eterno onde a vida é independente de si

Não precisa de Sol pra sua iluminação

Emana Racionalmente da vida que paira em si

Bem aventurado aquele que eu chamo de Pai

Extra habitante do mundo onde reina a paz

Salve os habitantes do Mundo Racional

Viajando aos baixos mundos resgatando o animal

Indescritível o dia da consciência total

Os planetas voltando ao seu estado natural

Sem choques, lutas, vencedores ou vencidos

Apoteose Racional, sem invasores ou invadidos

Bem aventurado quem aguenta a lapidação

Bem aventurado quem segue sem hesitação

A inconsciência, aumenta, o rosário da vida

Pensamento, energia ,tão confusa quanto antiga

Trazei o fluido Racional na sua mente

Leva o vivente ao poder do equilíbrio

Lapidação necessária para o inconsciente

O pensador é um radar avariado sem brilho

Inconscientes na fase de liquidação

São os mesmos que buscam a Imunização

Ir contra o Universo é coisa de infante

É uma formiga tentar fazer frente ao elefante

Letra: Cavaleiro da Concórdia

Essa é uma história do século passado

Que aconteceu no antigo Rio de Janeiro

Uma parte da vida do Deus verdadeiro

Materializado, Manoel Jacintho Coelho

Tudo aconteceu num café da Lapa

MJC tocava violão de sete cordas

De olhos fechados no Bar dos Carmelitas

Dedilhava o samba de Ismael Silva

As mulheres iludiam com os seus decotes

Pelo salão deslizavam os seus dotes

Mandavam beijos e olhares de paixão

Elas queriam um amor, triste ilusão

Terno azul marinho bem cintado

Camisa de seda branca impecável

Gravata de tussot não podia faltar

E o sapato preto, salto de carrapeta

Lavou o rosto para afastar o cansaço

Passou a noite com o violão no braço

Artistas políticos jornalistas e malandros

Todos se divertindo e Manoel tocando

Aquela noite tinha sido diferente um pouco

Teve a sensação de sair do próprio corpo

Evaporando e encontrando outro mundo

Manoel entrou num transe profundo

Seu corpo foi ficando adormecido

Era como se estivesse anestesiado

Ele tentou reagir respirando fundo

Parecia flutuar no ar denso de fumo

Logo em seguida ouviu um zumbido

Ensurdecedor que invadiu seu ouvido

Sentou na cadeira e ouviu quatro tiros

Viu algo que ainda não tinha acontecido

Ele ouviu os tiros foram quatro estampidos

No cabaré confusão correria e gritos

Viu um homem de branco caído sangrando

Ele viu a morte de Meia Noite o malandro

Manoel comentou com o seu amigo

Tinha visto o malandro tomar quatro tiros

Seu amigo do peito duvidou da visão

Afinal Meia Noite mudou de profissão

Deixou de ser o maior matador da Lapa

Agora era casado e tinha a sua casa

Deixou bebida, mulheres e carteado

A vida de boemia já tinha abandonado

Dias depois veio a confirmação da notícia

Estampado na capa do caderno de polícia

Três tiros colocaram o fim na vida bandida

Do maior malandro que a Lapa conhecia

No antigo palácio do presidente

Getúlio Vargas recebeu o seu presente

Ele achava que era alguém pedindo favor

Mas era o aparelho do RACIONAL SUPERIOR

Não vim pedir favor mas sim ajudá-lo

O senhor vai sofrer um acidente de carro

Soube através da minha vidência

Tome cuidado onde pisa vossa excelência

O presidente quis saber, detalhes daquilo

Como é que pode ter certeza disso?

Sei que vai acontecer, mas não sei quando

Vi o senhor de carro, se machucando

O presidente gelou, o rosto de ansiedade

Quis saber se aquele homem falava verdade

E só pra testar, perguntou do seu Governo

Queria testar, Manoel Jacintho Coelho

Atenção com a política social

Respondeu Manoel, de forma natural

Os poderosos vão ficar descontentes

Mas verão no senhor, um bom presidente

Precisa ter um Ministério do Trabalho

De uma lei de ampare o trabalhador nato

E promulgar a lei da sindicalização

Pra reduzir correntes de migração

Precisa modernizar a educação

E criar as universidades brasileiras

Promover uma reforma é a solução

Faça isso presidente, tenha certeza

Vargas ficou perplexo, embasbacado

Não acreditava no que tinha escutado

Manoel disse sem nenhum esforço

Seu plano de governo ainda em esboço

Manoel despediu-se, e saiu do salão

Quando cruzou a porta, outra comprovação

Três taças de cristal tinham se quebrado

Sem que ninguém tivesse nelas encostado

Manoel trabalhando, recebeu a verdade

Do Racional Superior, pra humanidade

Trabalhava quando viu a luz da razão

Ouviu a voz divina de outra dimensão

Manoel vamos entrar na fase do fogo

Vai surgir uma nova cultura para o povo

E você vai ser o porta-voz das mensagens

Sem templos, igrejas ou outros lugares

O homem vai saber na Cultura Racional

Os segredos da vida, e do universo

De forma lógica, clara, e bem natural

Serão desvendados todos os mistérios

Você vai representar, Deus na terra

Vai ensinar o caminho, para a vida eterna

Que a vida encantada é nascer e morrer

E o encantado vive sem se conhecer


Letra: Império dos Eternos

Entre os puros e perfeitos não existe mal

A liberdade é total na eternidade Racional

E o natural é de energia pura limpa e perfeita

Energia de massa cósmica verdadeira

São corpos de energia prateada

São corpos de energia azulada

A energia dos eternos é energia consciente

O império dos eternos é a mesma coisa sempre

A matéria é um conjunto de ruínas reunidas

Feita de uma energia degenerada e poluída

Duas energias que surgiram do chão

Falo do pensamento e da imaginação

No império dos eternos não tem nada disso

Lá tudo é perfeito como era no início

Desde o antes de ser deste mundo deformado

Que teve sua origem num lugar inacabado

Nenhum doente mental faria seres sofredores

Que Deus é esse que faria seres mortais

A matéria é um conjunto de ruínas podres

Se fosse boa coisa não se acabava jamais

Ninguém faria uma natureza revoltada

Deus não faria seres que terminam em nada

Este mundo existe por conta de um acidente

Uma energia pura que ficou inconsciente

O verdadeiro Deus não criou este mundo

O verdadeiro Deus não criou animais

Acreditar no contrário é o maior absurdo

São histórias de um tempo que ficou pra trás

No reinado Racional a realeza é o eterno

Mas quem não conhece deve manter o respeito

Como pode um ser, que vive materializado

Entender um progresso puro, limpo e perfeito

O mundo onde impera somente o raciocínio

Para o império dos eternos sigo o meu caminho

Império dos eternos, progresso de pureza

O primeiro mundo está além do nosso mundo

Uma altitude incalculável, muito acima do Sol

Um mundo muito maior do que este nosso anti-mundo

Não tem medidas nem contagem é uma coisa só

O que é eterno está em todo lugar do universo

Quem se conhece já sente a presença divina

Você sente o verdadeiro Deus estar por perto

Você ouve a voz de Deus quando raciocina

É por isso que eu leio sempre o meu Livro

Universo em Desencanto, logo que acordo

Sinto logo a presença, dos habitantes comigo

Hoje faço por onde, não peço nem imploro

Quem se liga no alto, pisa firme no asfalto

Sigo em frente com amor da fonte superior

Com a energia eterna sempre ao meu lado

Hoje me conheço não durmo acordado

Sou um habitante do império dos eternos

Que há muito deixei meu mundo de pureza

Voltar para o meu mundo é tudo que eu quero

E voltar a progredir na verdadeira natureza

A natureza verdadeira não fica se transformando

Só se transforma o que está fora do seu natural

Esse meu corpo de matéria degenerando

Vai ficar neste chão, no reinado do mal

Você vai ter um equilíbrio como nunca sentiu

Equilíbrio verdadeiro como nunca antes viu

Deus que me mostrou o caminho para voltar

Para o Mundo Racional meu verdadeiro lugar

Quando eu era energia Racional de pureza

Era eterno habitante do meu Mundo Racional

Vivia racionalmente na verdadeira natureza

Progresso de pureza na Planície Racional

Era energia Racional hoje sou animal

Não quero ir de animal para irracional

Preste atenção no chamado da natureza

Natureza condenada a viver fora da pureza

Para o pensador a vida era sofrer e morrer

Todo pensador vive sem se conhecer

Ninguém sabia porque sua vida era assim

Nem porque o que tem princípio vai ter o seu fim

Ninguém sabia quem é o dono do raciocínio

Ninguém sabia de onde veio o raciocínio

Ninguém sabia quem é o dono do pensamento

Ninguém sabia de onde veio o pensamento

Raciocínio Racional Racional Raciocínio

Falo isso comigo e em ligo ao divino

Raciocínio Racional Racional Raciocínio

Meu amigo de verdade é o meu raciocínio

Letra: Apocalipse

Atenção Brasil que eu vou falar da bíblia

E dos anúncios da Cultura Racional

Tradição, propriedade e família se liga

Já estava anunciada a vinda do Racional

Em João, capítulo três, versículo doze

Ele falou pra vocês das coisas materiais

Vocês não ouviram, ainda fizeram pose

Como querem entender das coisas celestiais?

Apocalipse um, oitavo versículo

Eu sou o alfa o ômega, eu sou o princípio

Diz o senhor, há de vir o todo poderoso

ELE vem das nuvens, visto por todo olho

Apocalipse três, quinto versículo

O que vencer de vestes brancas será vestido

E verá ainda em vida a maravilha

Terá seu nome escrito no livro da vida

Apocalipse quatro, um dois três cinco

Eis que estava aberto um portal divino

Depois destas coisas, olhei para o céu

Sentado num trono vi o Senhor Manoel

Veio na cor de bronze, como ser humano

Tem um arco celeste ao redor do seu trono

Relâmpagos, trovões e vozes harmônicas

Deus de bronze, cor jaspe sardônica

Diante do trono surgiam luzes nos céus

Os sete espíritos do verdadeiro Deus

As sete partes do porque nós assim somos

Ardiam sete lâmpadas de fogo no seu trono

Esse é o rap do apocalipse anunciado

Por profetas, astrólogos, ciência e sábios

Universo em Desencanto é a salvação eterna

É o maior livro que chegou nesta Terra

​​Apocalipse cinco, versículo um agora

Um livro escrito um por dentro e um por fora

Sete selos selam Universo em Desencanto

Está a esquerda de Manoel sentado no seu trono

Apocalipse sete, versículo nono

Perante o cordeiro, diante do seu trono

Nações e tribos unidos como irmãos

Multidão de branco com palma nas mãos

Apocalipse vinte e um, versículo um

E os males já não existe mais nenhum

Vi um novo céu e uma nova terra

Viu o céu e a terra da nova Era

Eu vi a cidade santa de Manoel

A cidade da qual Deus descia do céu

A cidade é a Nova Jerusalém

Venha ver suas maravilhas você também

A bíblia é bem clara ao anunciar

Que pra falar com Deus tem que raciocinar

Pelo portal no céu vejo Deus voltando

Sete selos sete chaves Universo em Desencanto

O pensamento deixa você sem saída

Se você quer ter seu nome escrito no livro da vida

É fazer o bem sem olhar a quem

Raciocinar é voltar a ser eterno também

Nova Jerusalém é o Retiro Racional

Deus já desceu e subiu de forma natural

Vestiu a roupa de bicho pra salvar os irmãos

Salvar o povo de branco com palma nas mãos

Esse é o rap do apocalipse anunciado

Por profetas, astrólogos, ciência e sábios

Universo em Desencanto é a salvação eterna

É o maior livro que chegou nesta Terra

Letra: Identidade de Deus

Mistérios e enigmas chegaram ao fim

O verdadeiro Deus está olhando para mim /

Ele está nos Livros Universo em Desencanto

Livro Deus que tira a humanidade deste canto /

Eu sou Luiz Racional, sou filho do Racional

Eu não penso mais, isso não é meu natural /

Sou Ricardo da Paz, Sou Raciocínio Racional/

O verdadeiro Deus é força transcendental

A Identidade de Deus hoje sei com certeza

É o poder supremo natural da natureza /

Deus identificou-se porque está olhando a Terra

Pra falar com ele leio a energia eterna /

A força mais poderosa vem do espaço

Da eternidade estou a menos de um passo /

Não existe filho sem pai, efeito sem causa

Origem sem lógica, não existe mágica /

Racional é a palavra mais forte do universo

Só falar que o verdadeiro Deus está por perto /

A humanidade a sua origem vai saber

Na Cultura Racional todos vão se conhecer /

Todos vão saber de onde vem e para onde vão

Racional raciocínio é o poder da razão /

A justa força e razão é pura consciência

Racional raciocínio é a divina providência /

Eu sou animal de origem Racional

E o verdadeiro Deus é o poder universal /

É a força suprema do verdadeiro amor

Raciocínio supremo RACIONAL SUPERIOR /

O poder dos poderes é Racional

Na origem está a maior força universal /

E a força do equilíbrio do bem maior

Está na verdadeira origem superior /

Encontrei meu equilíbrio e a razão de ser

Hoje vivo feliz passei a me conhecer /

Me conheci graças ao RACIONAL SUPERIOR

Que desceu pra me salvar, isso que é amor /

Não vivo mais vagando feito um bicho do chão

Feito pássaro que voa, sem saber a razão /

Hoje sei que existe a lei de causa e efeito

E o verdadeiro Deus é puro, limpo e perfeito /

Letra: Fim da Morte

A morte é uma transformação criada pela natureza

Pra reformular o progresso de uma vida melhor

Transformações para voltar a nossa pureza

Preparação que recupera pro mundo superior

Todos serão recuperados pela Fase Racional

Solução da morte para sempre

Não existe mais morte na Fase Racional

Não existe mais morte na fase consciente

A mudança do habitante do Mundo Racional

Materializado máquina do raciocínio

Volta ao primeiro mundo, do seu natural

Universo em Desencanto abre este caminho

Habitante volta a ser puro limpo e perfeito

Transforma de animal pra energia consciente

Não morre mais, não fica preso deste jeito

Volta ao Mundo Racional naturalmente

Abolição da morte na fase do mundo natural

Abolição da morte na fase Racional

Morre quem não se conhece, tem o que merece

Quem não se liga no alto de classe desce

Se conformava em nascer, sofrer e morrer

A vaidade não deixava ninguém se conhecer

O sofrimento, era o maior brilhante do dia

Tinha medo de morrer, sem saber pra onde ia

Tinha medo de morrer, por não se conhecer

Tinha medo de morrer, sem saber onde ia

Sofria sorrindo numa vida aparente

Vida de desequilíbrio e inconsciência

Na fase do pensamento não descia de classe

Hoje a natureza mudou terminou o seu ciclo

A categoria é uma só vê se não se esquece

Bicho Racional em duas classes dividido

Animal Racional e animal irracional

Quem não se ligar na energia Racional

Continua ligado nas energias do chão

Fica preso a sete chaves nessa deformação

Na cultura Racional não existe morte

Racional não morre, é um ser eterno

Quem se conhece garante o passaporte

E da eternidade está cada vez mais perto

A inconsciência conserva a rudez e o atraso

Conserva a morte e a sepultura neste chão

Pensar e imaginar sempre foi um fracasso

Fica preso nas trevas, sem ter salvação

Na fase do pensamento, fase de lapidação

O pensamento não foi feito pra acertar

Quem pensa não tem nenhuma proteção

Tem que ser lapidado até desencantar

Quem pensa não tem com que contar

Quem pensa não tem onde se agarrar

Está sendo preparado para ser recuperado

E viver Racionalmente desencantado

É a fase da volta da energia consciente

Materializada como raciocínio

É a máquina do raciocínio na minha mente

Voltar ao Mundo Racional só com o raciocínio

Na fase do pensamento existia a sepultura

Nascia de um lado, morria em um segundo

Morria aqui, nascia ali, vida de amargura

Fase da sepultura não saio deste mundo

A matéria tem princípio e vai ter o seu fim

E o que é eterno é a energia Racional

Que deu causa a este corpo deformado assim

Um conjunto de ruínas é o corpo animal

O que é eterno é a energia Racional

O que volta a ser eterno é esta energia

A matéria fica no chão que é o seu natural

Só morria quem não se conhecia

A morte é uma transformação criada pela natureza

Pra reformular o progresso de uma vida melhor

Transformações para voltar a pureza

Preparação que recupera pro mundo superior

Letra: Quem és Tu

Hoje eu me conheço, hoje sou feliz

Hoje levo a vida que eu sempre quis

Conheço você que ouve a minha voz

Vou te contar um segredo, não estamos sós

Fecha os olhos isso é música Racional

Som do nosso verdadeiro mundo natural

Minha voz e as palavras de origem superior

Salve todos os Filhos do Racional Superior

Essa música vem das estrelas e planetas

Essa música vem do Sol, da Lua e do céu

Essa música transmite a energia perfeita

Obrigado por tudo senhor Manoel

Uma luz está brilhando nos três poderes

Uma luz prateada de origem astral

É a luz que comanda todos os seres

Minha voz irradia esta luz natural

Minha voz é Universo em Desencanto

Minha voz é cada verso que eu canto

Eu sou estudante de Cultura Racional

Sou um colaborador da fase Racional

Vou dividir com você minha alegria

Estou em vida ligado à eterna energia

Cantar pra você é algo transcendental

Perceba que esse som é bem natural

Salve o fluido poderoso que fala por mim

Tomara que a minha vida siga sempre assim

Obrigado por você chegar até aqui

Nesse balanço maneiro pra você ouvir

Eu me conheço e falo com humildade

Este som Racional veio lá da eternidade

Ouça minha voz perceba meu amor

Minha vida está nas mãos do Superior

Falo com humildade, não sobe pra cabeça

Universo em Desencanto é a base da letra

Falo Superior, pois eu me conheço

O meu caminho eterno nunca mais esqueço

Fecha os olhos e sinta a verdade maior

Estrelas e planetas brilham de amor

Ouça o raciocínio despertar o universo

Na mais pura sintonia do mundo eterno

Foram as flores que inspiraram a canção

Sinta o perfume do amor na sua direção

As flores do chão e as flores do astral

Se ligue no bem e vença sempre o mal

Sorria e agradeça por você estar me ouvindo

Sorria e agradeça por você estar vivo

Agradeça por você ser quem você é

Agradeça por você saber ser quem você é

Obrigado Natureza por você me amar

Você é minha mãe, me ajudou a crescer

Você me ajudou, a chegar no meu lugar

Graças a você passei a me conhecer

Quem és tu que a ilusão é tanta meu irmão

Incapaz de definir o seu eu com razão

Vem comigo irmão vamos levitar

Pra você voltar pra casa tem que raciocinar

Minha vida de aparências nunca foi de verdade

Eu não conhecia a verdadeira realidade

Não sabia porque era um animal Racional

Pensava que essa vida era algo natural

Eu não sabia porque a Natureza era assim

Eu não sabia porque era um sofredor

Desconfiava que este mundo teria o seu fim

E por ser mortal a minha vida não tinha valor

Quem se conhece sabe tudo porque raciocina

Não sabia se viemos do chão ou de cima

Nós viemos de cima ou viemos do chão?

Será que foi do macaco ou da costela de Adão?

Os mistérios da origem da humanidade

Reinavam na minha vida de encantado

As histórias e contos tiveram necessidade

Pra eu mudar de selvagem para civilizado

Tudo somente parecia e assim eu vivia

Mistérios, suposições e tudo vinha falhando

Eu não sabia que a Fase Racional existia

Eu não sabia do Universo em Desencanto

Eu achava que minha vida era verdadeira

Não sabia que o pensamento era a tristeza

Ainda não tinha chegado o terceiro ciclo

Ainda não tinha chegado a fase do raciocínio

O pensamento, é como o sofrimento

Ele não é seu, vem de fora para dentro

Você piscou vem mil coisas na sua mente

Depois o vento leva e você nem sente

Hoje todos podem passar a se conhecer

O melhor da vida é saber o seu porque

A vida é boa pra quem já se conhece

Quem é Racional sua origem não esquece

Meu amigo raciocínio obrigado por tudo

Sem você eu não estaria vivo neste mundo

Cantando esta canção, melodia de amor

Agradeço por me levar ao mundo superior

Quando não me conhecia era sofrimento

Não sabia porque tudo era desse jeito

Eu vivia sorrindo pra esquecer de mim

Queria saber porque tudo era assim

Eu vagava no escuro procurando a verdade

Queria abrir a porta pra eternidade

Se não me dissessem eu não ia adivinhar

Que existia um mundo para eu voltar

Hoje sei da verdade, não fico mais com medo

Sei que a vida eterna me espera lá em cima

Sigo em frente amando o próximo como a mim mesmo

Quem se conhece não pensa, mas sim raciocina

Eu vivia em São Paulo sem me conhecer

Hoje vivo no Rio e encontrei o porque

Descobri de onde vim e para onde vou

Lendo o livro Universo em Desencanto