Optimized-capa

Letra: De Onde Viemos

O Rap é o chamado da nave espacial

Nave espacial da Cultura Racional

Última chamada é este Rap que eu canto

Leia o livro Universo em Desencanto

Te falaram que Deus fez tudo em sete dias

Vou te contar a história de uma energia

Energia que desceu lentamente da origem

E naturalmente fez tudo que existe

Lá em cima existe a eterna Planície

Mundo Racional, eterna superfície

Irmãos Racionais na vida de pureza

Energia eterna, na verdadeira Natureza

Eu era um habitante do Mundo Racional

Era um ser de energia, hoje sou animal

Minha voz está presa nesse corpo de matéria

Quero voltar a viver na vida eterna

Desobedeci e progredi por conta própria

Na Planície inacabada começou a história

Fui advertido, mas não quis ouvir

Na Planície Racional não devia progredir

A Planície deformada desceu lentamente

Eu perdi minhas virtudes naturalmente

Era um ser Racional de Luz eterna

A energia que deu causa a tudo na Terra

As virtudes viraram uma luz prateada
A Planície descia, e a luz aumentava

A Planície descia, e tudo se transformava

Eu perdia minha luz, a Planície esquentava

Este foco de luz deu origem ao Sol

Formado de virtudes deixadas por nós

Com o calor saiu da Planície uma resina

A resina queimou, torrou e virou cinza

A outra parte da Planície amoleceu, derreteu

Com o calor um líquido fino apareceu

Depois de mole uma goma virou água

A origem da água é a Planície transformada

Eu descia perdendo minhas virtudes perfeitas

Até a extinção do meu corpo de energia

Eu e milhares de seres, luzes extintas

Luzes extintas na goma e na resina

O Rap é o chamado da nave espacial

Nave espacial da Cultura Racional

Última chamada é este Rap que eu canto

Leia o livro Universo em Desencanto

Da extinção na resina vêm as mulheres

Da extinção na goma vêm os homens

A goma é água, a resina é a Terra

O homem é água, a mulher é a Terra

A goma virou água numa grande extensão

Goma e resina, água choca podridão

Água choca gerou micróbios do chão

Esta é a origem dos filhos da deformação

Deformar os corpos demorou muito tempo

Nem dias nem anos era muito mais lento

Vou explicar com calma pra você entender

A origem da Terra, 21 eternidades

Na primeira eternidade saí do Mundo Racional

Depois perdi minha Luz, verdade natural

Na terceira no fim dos corpos perfeitos

Nos entendíamos por meio de guinchos

Lentamente foi formando este corpo

Era gago fui soltando a voz aos poucos

Um pouco adiantado veio a formação da Lua

Soltando a voz ainda, mas a vida continua

As virtudes da Planície fizeram estrelas

Tinha algum entendimento, mas sem clareza

A resina evoluía a sua deformação

Separaram as terras e a vegetação

Dilatação dos órgãos veio a bicharada

Até então eu ainda não me transformava

Usar vegetais foi questão de sorte

Surgiram os primeiros casos de morte

Longa eternidade, nascendo, morrendo

Vegetação forte, noite e dia surgindo

Com a Lua e estrelas já modificadas

Regularmente se entendia a bicharada

Estas são as 21 eternidades

Que explicam de onde veio a humanidade

Da Planície Racional nós originamos

Saiba mais no Universo em Desencanto

O Rap é o chamado da nave espacial

Nave espacial da Cultura Racional

Última chamada é este Rap que eu canto

Leia o livro Universo em Desencanto

Letra: Rap

Salve irmão comigo está tudo certo

Com o RACIONAL SUPERIOR sempre por perto

No meu peito as setes partes na cabeça o meu boné

Se você não curte rap vou falar qual é!

Rap é a voz que movimenta a cidade

Som de protesto, consciência e realidade

Nada mais natural do que o rap Racional

Na Cultura Racional o rap é natural

Luiz Racional é do Rio de Janeiro

Rimando e cantando rap o ano inteiro

Ricardo da Paz é São Paulo, é raciocínio

Rimando e cantando rap no Retiro

Mr. Frogg solta a base, aumenta o som da batida

Vamos soltar o verbo, vai começar a subida

O fluido Racional está na ponta da língua

Quem ouve rap racional, raciocina

Tem rap na cantina e na lona cultural

Tem rap na quebrada e no Retiro Racional

Marcão, Mano J e os Filhos do Racional

O verdadeiro Deus presente no rap nacional

Obrigado meu Pai, Ilumina eu

Apoteose Racional, Rosa de Deus

Dilson Barbosinha e toda velha guarda

Música Racional tem sua vanguarda

Todo respeito é pouco ao chorinho na varanda

Cultura Racional tem a sua banda

Uma banda unida, uma banda Racional

Salve os acordes da Fase Racional

Nada de crime, palavrão, discórdia e demanda

Não tem fluido deformado na nossa banda

A banda de cima é a banda que eu canto

Rap Racional, Universo em Desencanto

Família Racional, Salve o rap Racional

Família Racional, Filhos do Racional

Rap Racional, mensagem transcendental

Ouvindo rap de forma natural

Na batida perfeita do rap Racional

Solta a base que a rima eterna é natural

Hey ho, sinta o flow, da Cultura Racional

Universo em Desencanto no rap nacional

Marcelo D2, Eminem, Sabotage, Emicida

Doctor Dre, Snoop Dogg, Rael da Rima

Taíde e DJ Hum, Criolo e Racionais

Notorious, Tu Pac e Beastie Boys

Fifity Cent, Wu Tang Klan, MV Bill

De Menos Crime, RZO, Cypress Hill

SNJ, JayZ, Ja Rule e Marechal

Marcão, Mano J e os Filhos do Racional

Muitas vozes, muitas vidas, do Rap mundial

Muitas vozes, muitas vidas, do Rap nacional

Muitas idas e vindas fora do meu natural

Correria, muita treta até a Fase Racional

Luz Racional presente acima do tempo

O dono do rap percebeu o movimento

Curioso com a luz do rap Racional

Chamou pra cantar os Filhos do Racional

Nossa banda é uma só, nossa banda é de cima

Na batida perfeita Mr Frogg solta a rima

O dono do rap e o dono da banda

Unido, aliado, Racional não tem demanda

Aliado no rap da Fase consciente

Cumprirá sua missão racionalmente

Rimando e remando a favor da maré

Se você não curte rap vou falar qual é!

Três vezes sete vinte e um é a conta de verdade

Três Poderes, sete partes, vinte e uma eternidades

A rima não para, a fase só cresce

Racional raciocina, Racional se conhece

O rap evolui na fase consciente Racional

O rap encontrou o verdadeiro natural

Protesto social, verdade e poesia

Na batida do DJ da mais pura energia

Universo em Desencanto, rap Racional

Ricardo da Paz e Luiz Racional

Marcão, Mano J, ritmo e poesia

Solta a base Mr. Frogg da eterna energia

Na batida perfeita do rap Racional

Solta a base que a rima eterna é natural

Hey ho, sinta o flow da Cultura Racional

Universo em Desencanto no rap nacional

Letra: Planície

Nenhuma vaidade no seu coração

Para entender a Luz da redenção

Luz Racional da eterna Planície

Luz que comanda tudo que existe

Tranquilidade e paz na sua mente

Para entender o superconsciente

Ouça a Voz do plano Racional

Salve o rap da Cultura Racional

Serão agraciados pelas mensagens

Ficarão na mente só as verdades

Terão a consciência do Além

Finalmente saberão quem é quem

Deixei de ser luz, virei animal

Nascendo morrendo, tipo artificial

O Além puro, limpo e perfeito

Eternidade continua daquele jeito

Hoje vem de outras paragens

Da eterna Planície as mensagens

Conheça a verdade de coração puro

Abrace a luz, ilumine o escuro

Respeite as leis do mundo eterno

Respeito o cosmo supremo

O verdadeiro Deus existe

Está aqui e também na Planície

Não critique, antes tente ajudar

Não acuse, procure amparar

Não destrua, procure edificar

Dignifique para não humilhar

Ao invés de invejar procure elogiar

Harmonize ao invés de brigar

Seja humilde diante de tudo

Humilde para o Super Mundo

Quero consolar a ser consolado

Quero amar, antes de ser amado

Serei perdoado perdoando

Vida eterna só raciocinando

Prevalece a verdadeira origem

Fluido emanado da Planície

O segredo do Reino Racional

Relembrando o transcendental

Ame o próximo faça caridade

Divulgue o Livro da verdade

Amor, fraternidade e humildade

Compreensão, bondade e sinceridade

Seus atos e seus pensamentos

Estão em julgamento

O Tribunal Supremo Racional

Tem jurisprudência Universal

Deus o Racional Superior

Rege o Universo com amor

Vibrando o Cosmo ensina

Ame quem te odeia

Você nem tem nenhuma condição

De julgar a sua situação

Os eternos da planície Racional

Atentos aos fora do natural

Amor é tolerância, compreensão

Amor é ajudar nossos irmãos

Racional é amor absoluto

Acima do passado e do futuro

Letra: Monstros

Seres humanos, monstros criminosos

Destroem a Natureza, roem os ossos

Mundo de monstros, seres cruéis

Nascem aqui sem saber seus papéis

Sacrilégio é a grande epopéia da terra

Monstros deformados na matéria

O sacrilégio está no ser humano

O sacrilégio está na origem do mundo

Por serem criminosos são sofredores

Condenados à morte fora da eternidade

Sujeitos aos males da deformação

Nascem e morrem presos no chão

Inferno verde, sofrimento reinante

Fogo de dia, o sol e fogo de noite

Terremotos, bichos e tempestades

Calor e frio, doenças incuráveis

Criminosos nascem para sofrer

Criminosos vivem sem se conhecer

Sofrem adultos e crianças

Sofrem todos fica a esperança

Ser humano não doma ou amansa

Fica calmo enquanto enche a pança

Um mundo de ciências, de feras

Nunca descobriram a vida eterna

Mundo de lutas e trucidação

Bons e santos nunca serão

Dizem ser civilizados e instruídos

Um enfeite de amarguras dos iludidos

Brilham só ruínas, tudo é fantasia

Brilha no mundo somente a hipocrisia

Ciúme, falsidade e intrigas

Traição, egoísmo, inconsciência

No mundo nunca houve equilíbrio

Vivem fantasiados com seus títulos

Tudo é falso na vida de matéria

A própria vida não tem garantia

Aventureiros que morrem sem querer

Ninguém sabe quando vai acontecer

Por ser fantasia, por ser atraente

Atrai tonteia, deixa inconsciente

Os bichos têm o seu sentimento

Mas todo sentimento é um veneno

Então os bichos eles se confundem

Confusão por existir o mal e o bem

Bem aparente nunca foi de verdade

Tudo passa e nada é realidade

Hoje zangados, amanhã contentes

As feras sorriem e rangem os dentes

Se eu pudesse destruía a ganância

Se eu pudesse destruía a arrogância

Ia limpar o mundo numa onde gigante

Ia mudar de fase, de repente

Os monstros criminosos

Destroem a natureza e roem seus ossos

Maiores parasitas sobre a terra

Desprezam a luz da energia eterna

As falanges do espaço já estão cansadas

De tanto progresso que não leva a nada

Multiplicam misérias para humanidade

Humanidade aonde só se vê ferocidade

Mundo de monstros, parasitas do chão

Criminosos criaram esta deformação

Criminosos saíram da planície Racional

Monstros que vivem fora do natural

A natureza já tem tudo anotado

Quanto menos espera vai ser cobrado

Sua maldade cruel há de ser resgatada

Quem nasce morre, quem deve paga

Onde existe o atraso, tem sofrimento

Monstruosos filhos do pensamento

Treva encantada vivem no escuro

Na matéria não existe lugar seguro

Falsos sábios vivem envaidecidos

Mundo de matéria, mundo invertido

Sabedoria fraca dos impostores

Impostores encantados, sofredores

Livros vazios, falsas verdades

Não há lógica, não há base

Filosofando e ganhando o seu dinheiro

Ganância e ambição dos embusteiros

Letra: Obras Primas

Evoluindo os princípios do mundo na escuridão

Tenda Espírita Francisco de Assis, redenção!

Rua Lopes da Cruz, Rio de Janeiro

Salve o porta-voz Manoel Jacintho Coelho

Mensagens em grego, latim, hebraico

Mensagens transmitidas em português arcaico

Daqui pra frente não é mais Ricardo ou Luiz

É o RACIONAL SUPERIOR como Francisco de Assis

“E ái daquele vivente que não quiser ouvir

O que nos faz sentir Francisco de Assis

Coitado de quem depois da libertação

For em desencontro do que tem em mãos

Serão mutilados por vastas encarnações

Dívidas amargas por falta de atenções

Quem tem dívida não é perdoado

No resgate da tortura destes bravos

Nas sombras do céu dourado, condenados

Plantaram o globo dos quadrados

Sigam o que diz para o perdão chegar

Perdão pra quem souber amar

Construindo o lema da salvação

Segue avante, não traz destruição

Forasteiros da terra de luzes apagadas

Forasteiros das histórias mal contadas

Histórias funestas, peregrinagens

Sem dar prova, sem ver nada adorando imagens

Obedecendo a sinagogas de fingidos

Hipocrisia, idolatria de falsos Livros!

Caminhos curvos, fechados de ilusões

O que vale vossa educação nessas condições

O passado que reina em todos vós

O que buscam não alcançam e ficam sós

Fica preso para as dívidas pagar

Escravo quando nasce e ao se transformar

Feras do manto negro de Judas

Protestam as suas próprias culpas

São de um trecho aprofundado pela expansão

Expansão do livre arbítrio: devassidão!

Não merecem a preciosa salvação

Ninguém pode ser salvo nessa situação

Não seja fraco por causa dos seus vícios

Com o tempo certo, serão extintos

Persistência para o mérito da luz

Força amor eterno que a vida conduz

Guias superiores condecorados

Nunca veio aqui espírito elevado

Irmanados de porta vozes condenados

Condenados às trevas do passado

Irmandade não vingou, no nascedouro ficou

Amam a orfandade como uma flor

Suspiros inconscientes na terra quente

Devoram uns aos outros iguais a serpente

Morre na esperança, não sabe o dia

Chega a morte, termina a hipocrisia

Filhos ingratos não sabem aonde vão

As dores esperam com bom coração

Por serem ruins, sem atenção

Atenção filhos, para a salvação

Não sou embusteiro, tenho compaixão

Veja a degradação no meio dos irmãos

Não se entendem, nem poderão

Vivem os irmãos na ambição

O dinheiro vale, a salvação vale mais

Não dão ouvidos ao caminho do PAI

Deixai a ambição, prestai atenção

Ambição que vale é da salvação

Fique longe da ambição da ilusão

Ilusão da mais negra escuridão

Sem saber porque sofrem, encarcerados

Doença fatídica dos encantados

Ideal em ruínas do ferino sábio

Catinguento amordaçado pelo passado

Sabichões sofrem toda vida

Envaidecidos no estudo da ciência

Triunfam dores de aflição

Materialistas encantados preso no chão

Batismo escuro não traz salvação

Não traz a luz, somente traz escuridão

Mantém as trevas do sofrer em vão

Joga todos dentro da destruição”

Letra: São Paulo

São Paulo, Nova Iorque, rap, hip hop

Luiz Racional, Ricardo da Paz, Mister Frog

Salve os manos e as minas da família Racional

A hora é essa raciocínio no rap nacional

Rima é forte está no ar está em toda cidade

Nosso rap é consciente e fala a verdade

Na esquerda na direita no térreo e no alto

Filhos do Racional chegando agora em São Paulo

São Paulo Nova Iorque o rap é a realidade

Chegamos forte parceiro nossa rima é humildade

Não tem caô não tem discórdia rap é compromisso

Compromisso com a verdade, rap é raciocínio

Nosso rap não é pensamento nem imaginação

Rap pra gente é divino, rimar é nossa missão

Se tu lutas tu conquistas algo transcendental

Filhos do Rap unidos aos Filhos do Racional

Rap é poesia, rap é correria noite e dia

Abalando o alicerce expandindo a consciência

Solta a base DJ pros Filhos do Racional

Nova Iorque São Paulo no rap nacional

Aqui não tem aparência, aqui não tem vaidade

Aqui é Filho do Alto então dj solta a base

Na cidade que brilham diamantes de ilusões

Quem vive em São Paulo aprende suas lições

São Paulo, Nova Iorque, rap, hip hop

Luiz Racional, Ricardo da Paz, Mister Frog

Salve os manos e as minas da família Racional

A hora é essa raciocínio no rap nacional

O raciocínio está no ar por isso vamos cantar

Seja em casa onde for vamos raciocinar

Sigo firme na luta com o meu raciocínio

Fazer o bem sem ver a quem esse é o meu caminho

Cada quebrada uma voz, cada voz uma vida

O sistema está aí parece não ter saída

Dava um rolê na ‘paratoza’ ouvindo Cypress Hill

De zero a cem sobe a poeira muita treta já viu

E o downhill na P2 não deixava pra depois

Na piscina com a galera era sempre um dois

Lapidação acabou não desejo a ninguém

Minha cabeça é do Alto, meu destino é o além

São Paulo Nova Iorque a correria é constante

Aparências enganam tudo muda num instante

A cidade vaidade desfila os seus carrões

O que falta de verdade, sobra de contradições

Eu estava cansado de pensar sempre comigo

Eu procurava algo maior uma energia sozinho

Eu não achava a resposta e continuava perdido

Eu pensava e por isso não acertava o caminho

São Paulo, Nova Iorque, rap, hip hop

Luiz Racional, Ricardo da Paz, Mister Frog

Salve os manos e as minas da família Racional

A hora é essa raciocínio no rap nacional

Descobri o raciocínio o dono da minha vida

Se eu tiver que morrer ele logo me avisa

O pensamento é diferente nunca me avisou

Ele não é meu amigo, somente me lapidou

Eu estava confuso sem ninguém pra explicar

Porque a vida de matéria tinha que acabar

Pra onde ia quem morria, o que que acontecia

Foi então que descobri que tudo vira energia

Saía na balada enchia a cara de bebida

Queria algo mais, queria uma nova vida

São Paulo Nova Iorque quase me destruiu

Entre sorrisos e vozes a morte era sutil

Raciocinando descobri minha origem astral

Descobri a minha origem verdadeira natural

Eu sei que a minha origem agora é transcendental

Desencantei o universo na Cultura Racional

Ouço o rap dos Filhos do Racional Superior

Rimando e cantando sobre um mundo maior

Mundo de paz, concórdia e fraternidade

Nosso rap presente em cada canto da cidade

São Paulo, Nova Iorque, rap, hip hop

Luiz Racional ,Ricardo da Paz, Mister Frog

Salve os manos e as minas da família Racional

A hora é essa raciocínio no rap nacional

Letra: Viventes do Vácuo

A verdadeira alma é o coração

Alma invisível é imaginação

A origem dos viventes do vácuo

A origem dos invisíveis do espaço

Vivem no vácuo entre o Sol e a terra

Eram Racionais de origem eterna

Habitantes do Mundo Racional

Descemos todos do Mundo Racional

Alma é uma só, é o coração

O primeiro a sentir qualquer vibração

A alma do corpo, a alma da vida

Não sonhe com tais existências

Habitantes do vácuo, seres do espaço

Habitantes do vácuo trabalham no chão

Assim como nós, eles são encantados

Não sabem a origem da deformação

É preciso conhecer a origem deles

Quero que você entenda estes seres

Eles pararam no espaço sua deformação

Nós descemos de vez, ficamos no chão

No mundo da terra e o do vácuo

Entre o Sol e a Terra tudo é deformado

Nós viramos bicho, eles vivem no espaço

Eles são comandantes, nós comandados

Viventes do vácuo energia magnética

Viventes do vácuo energia elétrica

Aparecem diante de qualquer pessoa

Como parente, santo ou qualquer coisa

Seres do espaço viviam a suas vidas

Aguardavam com calma nossa subida

Abandonamos o alfabeto de astrologia

Na palma das mãos estava a subida

Natureza nos deu a planta e o mapa

Pra gente voltar direto pra casa

A ganância criou outro alfabeto

Expandiu livre arbítrio, não deu certo

A natureza revoltou-se com a traição

Seus filhos fecharam a palma das mãos

Trocaram o natural pelo artificial

Afastamos o bem, e abraçamos o mal

A Natureza chamou os habitantes do vácuo

Para nos lapidar desceram do espaço

Aguardavam somente a matéria subir

Para que pudessem também prosseguir

O sofrimento poderia ser evitado

Se a Natureza eu tivesse respeitado

Não é justo culpar os seres do espaço

Sua missão começou com os nossos atos

A vibração invisível é absoluta

Invisível não vê, você sente e escuta

A parte invisível sempre dominando

E o materialista duvida deste comando

Será que os invisíveis nos governam?

E que fazem de mim o que desejam?

Será que os invisíveis nos comandam?

Será que faço mesmo o que eles mandam?

O vivente confuso não sabe viver

São aqueles que mais precisam sofrer

Nada conhecem, nada querem saber

São massacrados por não se conhecer

O vivente dominado pela base Racional

Está protegido dos seres do Astral

O vivente dominado pelo Astral Superior

Tem a proteção do RACIONAL SUPERIOR

Letra: Guerreiros

23 de abril, todo respeito é pouco

Todo respeito é pouco neste dia grandioso

Dia do grande Reinado de Guerreiros

Poderosos, trabalham o ano inteiro

Salve os Guerreiros supremos

Obrigado pela proteção, amigos

Guerreiros de Deus, Justiça, Amor

Filhos do RACIONAL SUPERIOR

Hoje é dia dos guerreiros do astral

Dos Guerreiros da linha Racional

Salve os Guerreiros da razão

Obrigado Guerreiros pela proteção

Hoje é dia dos Guerreiros do Alto

Vinte e três de abril é dia de respeito

Guerreiam por um mundo de paz e amor

Guerreiam pelos filhos do SUPERIOR

Guerreiros da razão, da luz eterna

Desenvolver o raciocínio é a sua guerra

Protegem o ano todo, o povo de branco

Querem ver os estudantes raciocinando

Lutam pela nossa proteção

Lutam pela nossa evolução

Lutam pela nossa salvação

Os Guerreiros do Alto, nobre missão

Os guerreiros do Mundo Racional

Nos protegem na estrada do astral

Dia de Guerreiros 23 de abril

Abrem os caminhos no céu do Brasil

Filhos do Alto devam ter gratidão

Agradecer aos guerreiros pela proteção

Nobre missão, protegem o caminho

Do desenvolvimento do raciocínio

Vinte e três de abril, dia dos Guerreiros

E nós que pedimos o ano inteiro

Devemos nesse dia ser agradecidos

Homenagear os nossos amigos

Num posto de luz e fraternidade

Vamos dar valor ao que tem validade

Quem lembra quer ser lembrado

E dos Guerreiros ser sempre aliado

Pedimos proteção o ano todo

Pedimos ajuda ‘pros’ nossos casos

Todos querem proteção, prosperidade

Agradeça pela boa vontade

Guerreiros do Alto, nobres, justos

Quem se liga neles, não tem mais sustos

Guerreiros merecem nossa gratidão

Eles garantem a nossa proteção

Não seja indigno, agradeça o Alto

Filhos ingratos, só olham pra baixo

O tempo é pouco pra ficar andando à toa

Indignos, o Alto não perdoa

Sem gratidão, serão esquecidos

Sem gratidão, serão desprezados

Não se abusa dos Guerreiros

Seja agradecido, seja verdadeiro

Reinado dos Guerreiros vence a guerra

Reinado dos Guerreiros vida eterna

Reinado dos Guerreiros vence a demanda

Reinado dos Guerreiros é a nossa banda

Vinte e três de abril, dia de reverência

Vinte e três de abril, é um grandioso dia

Respeito e homenagem às forças supremas

Justa força e razão esse é seu lema

Forças superiores governam o chão

Sem respeito não tem proteção

Mas tem quem viva sem respeito

Racional não vive desse jeito

Pessoas vazias não respeitam ninguém

Não acreditam na supremacia do além

Forças poderosas ajudam nossa vida

Guerreiros do Alto da linha divina

Vivente inteligente vela o seu bem

É reconhecido das forças do além

Sabe que o poder não está no chão

E quem vem dos Guerreiros nossa proteção

23 de abril, todo respeito é pouco

Todo respeito é pouco neste dia grandioso

Dia do grande Reinado de Guerreiros

Poderosos, trabalham o ano inteiro

Letra: Sete Partes

Olha o pensamento, viu? Não?

Assim é você nesta deformação

O pensamento entra na sua mente

Ele vem de fora, você nem sente

E sou a sete partes reunidas

Sete partes são as causas da minha vida

Sol, lua e estrelas no alto

Água, terra, animal e vegetal embaixo

O fluido é um ser vivo que dá vidas

Fluidos das sementes reunidas

Sementes no espaço perdidas

Fazem a união da nossa harmonia

O fluido é o ser que anima o mundo

Ele é a base da origem de tudo

O vento é um fluido invisível

Viver sem ele, meu, não é possível

O vento dá e mantém a vida

Senão a matéria não teria saída

A humanidade está trancada a sete chaves

As chaves são os fluidos das setes partes

O fluido provém das sementes

Sementes produzem e organizam a vida

Fluidos das sementes dos sete seres

Fazem a união da nossa harmonia

Todos os micróbios vem dos fluidos

São dois tipos de fluidos deformados

Fluido elétrico de origem da água

E o magnético de origem da terra

Sem fluido não existe micróbio

Sem micróbio não tem ser humano

Sem o calor não existe fluido

Sem virtudes deformadas nada disso

Olha o pensamento, viu? Não?

Assim é você nesta deformação

O pensamento entra na sua mente

Ele vem de fora, você nem sente

Fluidos vêm do conjunto deformado

Elétrico e magnético fluidos encantados

Tem vida e perde a vida, vida do nada

Nossa vida fluídica surge condenada

Os habitantes do mundo invisível

São feitos da matéria sensível

Corpo fluidicamente elétrico

Corpo fluidicamente magnético

Como o vento, você sente e não vê

Você não enxerga, mas eles te vêem

Não vê porque é feito de matéria

Eles vêem porque são de energia

Intuições, ideias e toda a vontade

Assim se controla a humanidade

Uma hora pensa bem, na outra pensa mal

Não há equilíbrio com o fluido animal

O fluido bom é transcendental

Fluido perfeito do Mundo Racional

Ele te protege do fluido elétrico

Protege você do fluido magnético

O fluido Racional é o fluido natural

Domina tudo, é o transcendental

O fluido Racional não é fluido do chão

É o poder dos poderes é a razão

Olha o pensamento, viu? Não?

Assim é você nesta deformação

O pensamento entra na sua mente

Ele vem de fora e você nem sente

O fluido Racional deu origem a tudo

Deu origem aos seres, deu origem ao mundo

O fluido Racional é puro, limpo e perfeito

É o fluido eterno é daquele jeito

Não existe intuição ou inspiração

O que existe é uma comunicação

Do fluido bom, ou do fluido mal

Do fluido deformado ou do fluido Racional

O fluido guia todas as pessoas

Fluido magnético não é coisa boa

Transmite tristeza e aborrecimento

Contrariedade e maus pensamentos

Olha o pensamento, viu? Não

Assim é você nesta deformação

O pensamento entra na sua mente

Ele vem de fora e você nem sente

Letra: Bem Eterno

Os amores do Mundo hoje são Racionais

O amor da energia que transmite a Paz

O Bem eterno imuniza a humanidade

Racional, bem eterno é o amor de verdade

O amor eterno é amor verdadeiro

O amor eterno é amor o tempo inteiro

Corações que se amam por toda eternidade

Constelações e galáxias do amor de verdade

As estrelas do céu hoje vêm nos saudar

Elas brilham de amor para nos ver cantar

Brilha uma luz, nunca vista, sem igual

Uma luz redentora, uma Luz Racional

O verdadeiro Deus é puro, amor e carinho

O verdadeiro Deus é o poder do raciocínio

Meu amor por vocês cresce a cada dia

O Bem eterno é a eterna energia

O Bem eterno é Universo em Desencanto

Este amor se renova cada vez que eu canto

Cada estrela no céu é um ponto de Luz

Do amor Racional que a bondade conduz

Nosso amor eterno vive acima do tempo

Semeando amor, assim eu vou vivendo

Energia Racional vem de um mundo perfeito

Um amor verdadeiro, um amor desse jeito

O amor Racional me ensinou a viver

A Bondade e amizade vão reflorescer

Eu pensava que sabia o que era amar

Encontrei o amor, sinta ele no ar

Minha alegria e minha gratidão são para sempre

A Natureza e eu estamos muito contentes

Seu sorriso é a maior prova de amor

Amor de verdade é o RACIONAL SUPERIOR

O bem para sempre é o bem consciente

De tão natural muita gente não sente

Aparências enganam e não são verdades

Não há bem que se acabe na eternidade

Os amores do mundo hoje são Racionais

Amor da energia que transmite a paz

Meu amor Racional pra toda humanidade

Meu amor vem lá de cima, vem da eternidade

O bem verdadeiro não se acaba jamais

O sentimento é puro dos irmãos Racionais

O bem verdadeiro é de paz e amor

Obrigado pela Luz, RACIONAL SUPERIOR!

Na matéria só existe o bem aparente

Aqui não há bem que dure para sempre

Para quem não se conhece não há mal que se acabe

O bem eterno só existe na nova fase

Na fase inconsciente tudo é negativo

Na fase consciente tudo é raciocínio

As aparências nunca serão verdades

Mundo de paz e amor meu lugar de verdade

Na fase inconsciente tudo era negativo

Na fase consciente tudo é raciocínio

As aparências nunca serão verdades

A vida verdadeira só na eternidade

Adorar a vida com desprezo é a parada

Uma vida condenada que termina do nada

Prezaram uma vida que não é de verdade

A vida verdadeira só na eternidade

Melhor lugar do mundo é só no nosso natural

Todo lugar presente a energia Racional

A impressão é que estamos no fim do tempo

Ninguém aguenta mais tanto sofrimento

O que acontece na Terra acontece aos filhos

Vamos tratar a Natureza com amor e carinho

Disse o chefe índio ligado à Natureza

Vamos respeitar para voltar a pureza

Não se preocupe com as coisas do nada

Não viva essa vida perturbada

O bem eterno é tão lindo, não sei como agradecer

Obrigado Natureza por te conhecer!