Conheça MANOEL JACINTHO COELHO, o Cavaleiro da Concórdia

Compartilhe!

Escrito pelo jornalista Jorge Elias, o livro “Cavaleiro da Concórdia – O Homem do Outro Mundo, a Vida e os Poderes do Mestre” conta detalhes da vida do Sr. Manoel Jacintho Coelho, Aparelho do RACIONAL SUPERIOR. Considerado um dos maiores repórteres de polícia e que, através de grandes reportagens, tornou-se um dos ases da crônica policial carioca.

Quem não se lembra da série de reportagens intituladas “Ipanema, Território Livre do Tóxico” e “Copacabana, a Servidão do Sexo”? Descoberto por Tenório Cavalcanti, Jorge Elias foi levado para a redação da Luta Democrática.

Em seguida, foi convidado por Francisco Martins Pinto para fazer parte de então maior jornal do Brasil: o Correio da Manhã, de onde saiu tempos depois para o Diário de Notícias e, em seguida, para o Última Hora, onde ficou por quase dez anos.

Relatos da Tenda Espírita Francisco de Assis em outubro de 1935

Na página 69 do livro “Cavaleiro da Concórdia – O Homem do Outro Mundo, a Vida e os Poderes do Mestre”, Jorge Elias descreve a mensagem que o RACIONAL SUPERIOR, identificando-se como Francisco de Assis, disse a seu aparelho, Sr. Manoel Jacintho Coelho, em outubro de 1935.

E a seguinte cena que ocorreu com Sr. MMJC na Tenda Espírita Francisco de Assis:

“Na atmosfera envolvente e suavemente perfumada da Tenda Espírita Francisco de Assis, ele (Manoel) recebe mais uma comunicação: sobre sua cabeça, um foco de luz prateada, intensa, transparente a iluminá-lo:

— Onde existe adiantamento, Manoe, existe a luz. Portanto, não hpa sofrimento. Quem não sabe sofre. Quem não sabe, pena. Existem os que pensam que sabem. Mas o sofrimento prova que eles nada sabem, pois se soubessem não sofreriam nem tampouco fariam os demais sofrerem.

Manoel mostrou-se inquisitivo, desejoso de maiores esclarecimentos.

Então a Luz Tornou-se Mais Forte, Mais Intensa, Mais Clara Sobre Ele

cosmo

— Os que sabem Manoel, não sofrem. Resolvem tudo por si e por todos. Porém, muitos vivem com saber insignificante, triste, sem nenhum valor. Envaidecidos de uma sabedoria fraca.

E embora convictos da nulidade da sabedoria que apregoam, consideram-se sábios, mantendo-se no pedestal, na tribuna, no púlpito. Na verdade, não passam de grandes impostores.

São impostores por serem sofredores, mantendo lições de uma sabedoria que só traz sofrimento para todos. O que adianta, Manoel, um saber que só aumenta o sofrimento? Não adianta nada, não vale nada.

Olhos Semicerrados, Manoel Ouve em Silêncio, Expressão de Atenção Concentrada no Rosto

— O mundo está convertido por uma sabedoria invertida, aonde o atraso é adotado como saber. Isto é tão visível, como tornou-se visível o sofrimento do mundo.

Tanto assim que admitem a salvação do mundo pelo desenvolvimento da destruição. Ah, Manoel, dentro de pouco tempo todos vão ver a água ferver e esfriar de repente, como uma brasa jogada dentro da lagoa.

Não fique preocupado, logo depois tudo será normalizado. E a paz vai voltar a reinar, finalmente, em todo o Universo.

Manoel quis falar, mas não teve tempo.

A Voz da Anunciação Tratou de Interrompê-lo, Indo Adiante

Os homens nasceram no mundo, mas o mundo não é dos homens, não é dos habitantes.

E por não ser dos habitantes, nem tudo eles podem resolver. Dentro de muito breve, as coisas vão começar a se encarreirar, ganhando novos rumos, com caráter de melhoria universal.

Será colocado um ponto final no absurdo. Através de você vou apresentar ao mundo um Livro (Universo em Desencanto) contendo a verdade das verdades. Com a leitura deste Livro, todos vão saber de onde vieram e para onde vão.

Será um Livro de revelações supreendentes, revolucionário, pois vai provocar modificações de conceitos, de princípios filosóficos, de pregações religiosas.

Através dele, o mundo vai tomar conhecimento de uma nova cultura, de novos ensinamentos, de novas lições. Vai conhecer o caminho da luz, além de seu Verdadeiros DEUS. Será uma Obra universal, grandiosa.

O Livro? Como Vou Fazê-lo?

Manoel quer saber.

— Terá de escrevê-lo, através do conhecimento que vou lhe transmitir.

— Não estou entendendo.

— Quando chegar a hora, Manoel, você entenderá. As verdades serão derramadas diantes de seus olhos, claras, elucidativas.

— Mas…

Manoel ficou preocupado com o peso de tamanha responsabilidade.

— Acalme-se, Manoel. Você tem capacidade. Foi por ter capacidade e coragem é que você foi escolhido. Já estamos bem próximos do Terceiro Milênio. E a Fase do Terceiro Milênio é a fase da Racionalização dos povos.

Onde toda a humanidade vai conhecer o mundo de sua raça e ainda saber como voltar para ele. Com o Livro que você vai escrever, o homem vai aprender a desenvolver o raciocínio e também se desligar, definitivamente, da energia elétrica e magnética, ganhando, então, vida eterna, transformando-se em massa cósmica pura, limpa e verdadeira.

Manoel Ficou Tranquilo Ouvindo

— Não será filosofia, nem religião, mas uma cultura transcendental. A cultura do verdadeiro estado natural, do conhecimento de retorno da humanidade ao seu verdadeiro Mundo de Origem, através da Energia Racional, elo de ligação de ser humano ao Mundo Racional.”

Para conhecer a Cultura do nosso verdadeiro Mundo de Origem, basta estudar o Livro Universo em Desencanto.


Compartilhe!

Sobre 

Luiz é estudante de Cultura Racional dos Livros Universo em Desencanto, jornalista e rapper. Ouça nosso rap e baixe gratuitamente no Soundclod: https://soundcloud.com/filhosdoracionalsuperior

    Find more about me on:
  • facebook
  • youtube

Gostou do texto?

Powered by Facebook Comments